Delegacia de Saúde não tem o lugar abandonado

9/10/2012 08:41 - Modificado em 9/10/2012 08:41
| Comentários fechados em Delegacia de Saúde não tem o lugar abandonado

Com cerca de cinco metros de largura e cinquenta de comprimento, este autêntico “rio” prolonga-se ao lado da estrada para o aeroporto importunando os moradores de Dji Sal que se mostram preocupados. O mau cheiro e os mosquitos são a preocupação dos moradores, principalmente, nesta época onde “há mais mosquitos do que o de costume”.

 

 Sempre depois das chuvas águas ficam no local que se transforma num rio fedorento e cheio de mosquitos.Todos os anos é a mesma coisa e ninguém faz nada.

“E é preocupante quando um lugar fica assim abandonado sem cuidado”, diz Steven Delgado. . Dona Hirondina fala deste local como dos mais críticos e preocupantes e que exige uma actuação, “já que sempre é igual”. Opinião compartilhada por outros moradores que “pedem actuação nestas situações”.

Mas a delegada de saúde de São Vicente, Dr. Ariana Mota, revela que é um espaço que a delegacia “não tem abandonado”. E adianta que foi feita uma pulverização anti larval no local e na zona. Explica que em termos de produtos utilizados tem que cuidado em não aplicar os mesmos produtos em todas as circunstâncias já que cada um é diferente. Com uma equipa no campo o ano inteiro a delegada assegura que a Delegacia tem trabalhado em todas as frentes ,inclusive a da sensibilização ,para diminuir os problemas causados pelas águas estagnadas

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.