“Associação Regional de Boxe – Ginásio Artur Boxe” há mais de 20 anos a treinar atletas na ilha de São Vicente

30/05/2017 04:56 - Modificado em 30/05/2017 04:56
| Comentários fechados em “Associação Regional de Boxe – Ginásio Artur Boxe” há mais de 20 anos a treinar atletas na ilha de São Vicente

A “Associação Regional de Boxe – Ginásio Artur Boxe” foi criada há mais de 20 anos na ilha de São Vicente e encontra-se na zona de Ribeira Bote desde 2002. A Associação tem como objectivo desenvolver a modalidade desportiva na ilha de São Vicente.

 

Hipólito Lima, um dos responsáveis e treinador, diz ter começado a praticar boxe desde os 13 anos de idade e, aos 25 anos, deixou de praticar para ser treinador. “Comecei a jogar boxe desde os 13 anos até aos 25 anos de idade, isto porque, passei a ser treinador e, hoje, com 50 anos de idade, ainda dou aulas de treino de boxe nesta Associação”, conta.

De acordo com Hipólito Lima, hoje não há interesse pelo boxe como antigamente. “Antigamente havia mais pessoas no boxe e levavam-no mais a sério do que hoje”. O mesmo conta que as pessoas vêem o boxe como um desporto agressivo. Todavia, é um desporto que muitos profissionais têm vindo a praticar.

A “Associação Regional de Boxe – Ginásio Artur Boxe” é constituída por 2 treinadores pessoais, Hipólito Lima e “Ménili”, Policia Bell treinador da selecção de São Vicente e, no comando “Ratcha” e Vadú que fazem parte do Quartel Militar.

Criada há mais de 20 anos, Lima avança que os objectivos aqui na ilha de São Vicente estão a ser alcançados, “temos melhorias, pois fomos campeões no ano de 2014/2015 e 2015/2016”, e realça que “no campeonato nacional 2014-2015, participaram os atletas Osvaldo, Didick, Erickson, Alex, Hernâni, Gerson, Pikin, Hernany e já no outro campeonato nem todos os atletas tomaram parte”.

Lima conta que os campeonatos nacionais e regionais são feitos aqui na ilha de São Vicente e em Santiago, na cidade da Praia, onde participam atletas da ilha de São Vicente, Santiago, Boavista, Fogo e Sal.

Conforme nos adiantou Hipólito Lima, os atletas que pertencem a esta Associação encontram-se na faixa etária dos 22 aos 25 anos de idade e são os mais antigos. “Os atletas que temos aqui são os mais antigos e levam esta modalidade desportiva mais a sério pois, para eles, é uma realidade”, frisa.

De momento, alguns destes atletas encontram-se na cidade da Praia e estão a ser preparados por profissionais internacionais. “Alguns dos nossos atletas estão na cidade da Praia em preparação com profissionais internacionais onde depois seguirão para competições no Congo”, explica Hipólito Lima.

Com a falta de aderência de pessoas nesta modalidade desportiva, Lima deixa uma mensagem a todos os jovens: “Peço a todos os jovens que venham praticar o boxe e para os que desistiram para regressarem novamente, pois o boxe é um desporto e temos que levá-lo com fé”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.