CMSV: “O sentimento que temos é o de uma cidade limpa”

30/05/2017 04:52 - Modificado em 30/05/2017 04:52

No último mês, a Câmara Municipal de São Vicente alterou o horário de recolha domiciliária do lixo. Medida que na última semana foi criticada pela UCID ao afirmar que não está a ter o feedback positivo e que as inovações devem ter impacte e que a sensação que deixa é de uma cidade suja.

Em conversa com a Vereadora do Pelouro do Saneamento, Carla Monteiro, a mesma afirma que a medida não foi tomada de repente e sem se debruçarem sobre o assunto. Sublinha que foi fruto de uma reflexão profunda sobre o assunto, o que levou a Câmara a alterar o horário da recolha matutina do lixo para um horário a partir das 16:30h.

“As pessoas saem de casa para trabalhar e são como que obrigadas a deixarem o lixo na rua. Tínhamos esta informação, discutimos qual seria a melhor opção e optámos pelo horário da tarde quando as pessoas já regressaram do trabalho”, argumenta a Vereadora. Para Carla Monteiro, ainda se está no processo de adaptação do novo horário e, por isso, sublinha que poderão surgir alguns problemas. E a aposta tem sido na sensibilização das pessoas.

Todavia, a avaliação do novo horário de recolha do lixo a domicílio, para a Vereadora, é positiva, com elogios de várias pessoas.

“Ainda há pessoas que deixam o lixo e perguntamos se há falta de informação. Ainda estamos a menos de um mês, numa fase de adaptação e pedimos às pessoas que se informem melhor sobre a situação e os horários”.

“Não temos tido sujeira e temos o sentimento de que a cidade está mais limpa”, adianta a Vereadora e, em termos de limpeza, a Câmara tem feito um trabalho nas caçambas e nos contentores com a recolha “até quatro vezes nas zonas mais críticas”.

O apelo é no sentido de que as pessoas possam colaborar para que se possa ter uma cidade mais limpa, saudável e um bom ambiente.

Outra questão prende-se com os contentores. O pedido vai no sentido de não os danificar, “como acontece muitas vezes, são vandalizados”. A informação é a que vários contentores estão a ser reparados para voltarem a estar à disposição das pessoas.

  1. JSousa

    “Não temos tido sujeira e temos o sentimento de que a cidade está mais limpa”???
    Não sei de que cidade a Sra. Vereadora está a falar, mas de S. Vicente não é de certeza! Há dias em que o carro de lixo simplesmente não aparece, ou se aparece está com tanta pressa que até parece um carro de fórmula 1, ouve-se o barulho mas não se consegue ver o carro.
    Em Madeiralzinho, na semana passada, estive uma semana sem ver o carro de lixo. Nos dias em que aparece, tem-se que ficar a espreita das 19:00 às 21:00 para se colocar o lixo.
    Francamente! Esta situação precisa ver revista com urgência!

  2. alberto tavares

    Olhe que não penso a mesma coisa.
    Pelo que parece a cidade continua pintada de vermelho desde que o Benfica ganhou a Taça. E nada muda. Até o jornal, por solidariedade, não avança para mais nada.
    Somos todos uns alienados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.