Paradas há sete meses: Obras do Porto de Sal Rei vão ser retomadas

9/10/2012 08:37 - Modificado em 9/10/2012 08:37

A conclusão das obras da ampliação do Porto de Sal Rei vai ser retomada, em princípio ,ate o fim do ano, depois de “concluídas as negociações, os entendimentos entre as partes, e as responsabilidades assumidas por quem as deve assumir”- disse a Ministra das Infra-estruturas, Sara Lopes, a RCV, assegurando que tudo está sendo feito para que o projecto possa ser concluído.

 

As obras estão paradas há sete meses para estudos de adaptação e redimensionamento. Com a readaptação do projecto do porto da ilha da Boavista os custos só têm aumentando. Ao montante previsto, inicialmente ,de 36 milhões de euros vai ser necessário injectar um montante à volta de um milhão e trezentos mil contos cabo-verdianos para a retoma da obra. A questão agora é a mobilização de novos recursos para a sua conclusão. Obra esta que o governo vê para “resolver os constrangimentos que existem ao investimento externo e ao desenvolvimento e a competitividade da ilha”.

A ministra garante que ,agora ,estão na fase da clarificação das especificações técnicas que foram usadas no inicio e no ultimo teste”. E antes de sair o relatório final já tem uma comissão de negociação entre o consórcio e o ministério das infra-estruturas para “a discutir as soluções e as repostas”.

  1. KL

    Boa noticia. Igualmente aguardamos por equipamentos de movimentação horizontal e vertical de todo o tipo de carga pq é um absurdo um operador ter q descarregar vários contentores RF e Dry dentro do porão dos navios por não haver em toda a ilha uma grua capáz de levantar um contentor 40′ (+/- 30 tons).

  2. caboverdeanoatento

    noticia pelo menos estranha ao dar o valor inicial da obra de 36 milhoes de euros e o montante adicional para a completar em contos caboverdeanos.Isto para näo dizer que um milhäo e trezentos mil contos säo 11,78 milhoes de euros,mais 32,75 % que o valor inicial .E näo se diz nada sobre as razöes que estäo por tras deste aumento.E assim vamos fazendo “grandes” obras publicas neste pais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.