Novo horário de recolha de lixo não agrada

26/05/2017 04:56 - Modificado em 26/05/2017 04:56

A UCID chamou a atenção para o novo horário da recolha do lixo. A Câmara Municipal de São Vicente alterou o horário de recolha, que antes era feito na parte da manhã, para ser feito a partir das 16:30h diferenciando o horário e o dia para cada zona. Nalgumas zonas, a recolha chega a acontecer à noite, como por exemplo, na zona de Fonte Francês.

Para a UCID, através do seu Presidente, o novo horário não tem sido benéfico para a ilha dando, neste caso, um aspecto de uma cidade suja. “A UCID entende que a decisão da alteração do horário e da modalidade com que se tem feito até agora, está a passar a imagem que São Vicente está mais suja. Queremos dizer que qualquer alteração deve ser precedida de uma análise profunda”, adianta Monteiro.

Para este líder político e cidadão da ilha, a análise deve ser feita no sentido de que o que se decide deve trazer ganhos aos munícipes e aos que visitam a ilha. “Para a UCID e nas zonas em que temos andado, a partir das quatro horas existe uma acumulação de lixo e a mensagem que se passa para fora é que o que antes era uma cidade limpa, hoje está com um aspecto mais sujo”.

Na perfectiva de Monteiro a inovação é bem-vinda, mas não se está a ter um feedback positivo por parte da população “que ainda não entrou no espírito do que quer a Câmara”. Monteiro ainda reclama da falta de contentores nalguns locais onde dantes havia.

Para Monteiro, os contentores eram uma alternativa para as pessoas que agora deixam as bolsas do lixo no chão, à espera do carro, e esse lixo é vasculhado pelos animais que acabam por espalhar os resíduos pelas ruas.

A população

O novo horário anunciado pela edilidade não tem sido pacífico desde o seu anúncio. É que a população está ainda acostumada com o horário praticado anteriormente e reclama contra com a diminuição dos contentores.

“Ainda não me acostumei com o horário e defendo que o horário de manhã é melhor, já que as pessoas fazem as suas tarefas e colocam o lixo à espera do carro”, diz Fernando Silva. Este cidadão não só acha que o horário matutino parece ser o mais desejável, como também é o mais praticável. “Todas as pessoas já estavam acostumadas e, depois, em relação ao horário da tarde as pessoas que voltam do trabalho não querem preocupar-se com o lixo”, afirma Lucas Duarte.

O horário não tem agradado a alguns entrevistados e também se sente o sentimento de falta de um reforço de contentores para compensar. Amílcar Silva diz que tem tido o sentimento de que há menos contentores nas ruas. E não é o único a ter esta percepção. Jorge Silva também diz que “tem havido menos contentores nas ruas”. E da sua análise, poucos têm sido vítimas de acumulação de lixo.

O NN contactou a Vereadora da área do Saneamento da CMSV, Carla Monteiro, mas esta não conseguia atender no momento, pelo que o NN tentará ouvir a versão da edilidade sobre o assunto.

  1. Este horário de recolha de lixo não está a bater certo.A Câmara tem que rever este horário.Por exemplo, as pessoas que trabalham e que saem do trabalho as 4 horas não conseguem chegar a tempo para encontrar o carro de lixo.Não é por acaso que se encontra tantos sacos de lixo pendurado nos muros e que ficam lá porque o carro de lixo já não está.
    Penso que a Câmara é que deve ver essa situação, não é pensar e aplicar,porque os Municipes também precisam ser respeitados.
    Hoje em dia sabe-se, que quem governa tem que ponderar bem antes de decider.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.