O Dia Internacional das Crianças Desaparecidas: Onde estão?

26/05/2017 04:42 - Modificado em 26/05/2017 04:42
| Comentários fechados em O Dia Internacional das Crianças Desaparecidas: Onde estão?

Foram tiradas das suas famílias, são diversos casos, alguns mediatizados e outros não. Mas o certo é que, até agora, ninguém sabe o que realmente lhes aconteceu. Mas não são esquecidas pelos familiares que lhes trazem sempre na memória e coração.

 

Tendo origem no dia 25 de Maio de 1979 com o desaparecimento de Ethan Patz, uma criança de 6 anos de Nova Iorque que nunca foi encontrada. Nos anos seguintes, pais, familiares e amigos reuniram-se para assinalar o dia do seu desaparecimento e, em 1986, no dia 25 de Maio, o ex-Presidente dos Estados Unidos da América, Ronald Reagan, decidiu dedicar o dia a todas as crianças desaparecidas.

Muitas desapareceram ao longo dos anos e nunca se soube mais nada delas. Em Cabo Verde, não se conhece o número de casos concretos, mas os que foram mediatizados nunca tiveram o desfecho pretendido: o aparecimento da criança.

Em conversa com este online, muitos criticam a posição da Polícia Judiciária Nacional por nunca ter desvendado os casos de desaparecimento e de acordo com um cidadão mindelense “ficam à espera de denúncias anónimas para trabalharem e quando não aparece ninguém a denunciar, simplesmente arquivam os casos” e questiona o que tem sido feito pelas autoridades como forma de encarar este problema.

Esta data, 25 de Maio, tem como objectivo, de acordo com o portal iacrianca.pt, encorajar a população e a comunicação social a reflectirem sobre todas as crianças que foram dadas como desaparecidas no Mundo e espalhar uma mensagem de esperança e solidariedade a nível internacional para com os pais e famílias que vivem este problema.

“Mas também levar as autoridades a reflectirem na prevenção, nas estratégias a implementar em colaboração com as entidades responsáveis pela Educação, pela Justiça e pela Segurança. Pretende-se que este dia seja lembrado em todos os lares de todos os países em que seja necessária esperança para enfrentar este problema tão devastador”, escreve a mesma fonte.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.