Acidente de Trabalho: CMP instala inquérito interno para apurar responsabilidades

25/05/2017 04:49 - Modificado em 25/05/2017 04:49
| Comentários fechados em Acidente de Trabalho: CMP instala inquérito interno para apurar responsabilidades

A Câmara Municipal da Praia instaurou um inquérito interno para apurar responsabilidades sobre o desabamento do prédio na zona de Fazenda, na manhã de quarta-feira, dia 24, e que deixou um morto e quatro feridos.

 

O Vereador das Infra-estruturas e Obras da Câmara Municipal da Praia, Rafael Fernandes, assegura que a obra do prédio que desabou na manhã de quarta-feira, 24, na zona de Fazenda, provocando um morto e cinco feridos, estava devidamente licenciada com todos os requisitos exigidos.

Desde o projecto aprovado, ao termo de responsabilidade do engenheiro projectista, do engenheiro responsável pela excussão da obra, título de registo de empresa responsável para a construção emitida pela comissão de alvará.

A triste tragédia que deu lugar a um grande aparato será investigada internamente pela Câmara Municipal que garante já ter instaurado um inquérito para apurar responsabilidades.

Rafael Fernandes frisa que o inquérito será baseado em relatórios, inquéritos, para saber o que aconteceu no sentido de tomar as devidas medidas. Como forma de medidas de segurança, os edifícios vizinhos mais afectados pelo embate do desabamento foram evacuados.

As obras de remoção dos escombros estão em curso, daí o motivo para maior segurança. O edifício da Kim Negócio foi encerrado para ser analisado, pois os escombros ficaram encostados ao mesmo. O Vereador assegura ainda que as duas residências vizinhas serão submetidas a uma perícia técnica.

O Vereador lamentou o acidente e apela por uma maior responsabilidade por parte dos proprietários e executores.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.