Moradores de Calabaceira e Safende sofrem penúria de água há mais de uma semana

16/05/2017 05:03 - Modificado em 16/05/2017 05:03
| Comentários fechados em Moradores de Calabaceira e Safende sofrem penúria de água há mais de uma semana

Os moradores dos bairros de Calabaceira e de Safende, cidade da Praia, estão há mais de uma semana vivendo penúria de água. Os entrevistados consideram insuficiente a quantidade de água disponibilizada nos chafarizes. A situação da falta de água é, infelizmente, um problema que tem vindo a trazer sérias preocupações às famílias.

A população das zonas de Calabaceira e de Safende voltaram a enfrentar a falta de água potável. Para os residentes ouvidos por este jornal, a situação tomou contornos críticos, pois as zonas mais próximas também sofrem com o mesmo problema.

A nossa reportagem esteve no terreno e pôde constatar o desespero das pessoas à procura do precioso líquido. “A água nos chafarizes não chega para satisfazer toda a população. Como a maioria das pessoas tem água canalizada, quando esta falta, todas as pessoas saem à procura, até mesmo os moradores das zonas mais próximas”, diz Aldina Mendes, moradora de Calabaceira.

Lara, moradora em Safende Riba, explica que a situação tende a piorar já que o preço da água dos camiões autotanques aumentou. “Há algum tempo que temos vivido com penúria de água, facto que tem causado grande preocupação às famílias”.

Existe um chafariz móvel no bairro que é abastecido frequentemente pelos bombeiros da Câmara Municipal, mas nem sempre a água é suficiente para todos os moradores que lá residem.

“Temos cá este chafariz móvel que nos tem ajudado um pouco, mas ainda não é suficiente para toda a gente de Jamaica. A nossa vontade maior é ter, pelo menos, um chafariz que nos forneça água à vontade para as nossas actividades”, frisa Nilton Silva, um morador descontente com a situação em que se encontra o bairro.

Edith Semedo, outra moradora do bairro, diz que já está na altura de resolverem esta situação porque “Calabaceira também faz parte das outras zonas da cidade da Praia e merece atenção”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.