Eleições Mpd: Armindo Gomes quer unir e organizar o MpD em São Vicente

16/05/2017 04:53 - Modificado em 16/05/2017 04:53
| Comentários fechados em Eleições Mpd: Armindo Gomes quer unir e organizar o MpD em São Vicente

No último fim-de-semana, Armindo Gomes apresentou publicamente a sua candidatura a Presidente da Comissão Política Concelhia do MpD em São Vicente. Armindo Gomes, no último mandato, fez parte da comissão política local e desde esse período surgiu, como explica ao NN, a intenção. “Durante a gestão presidida por João Gomes foram detectadas muitas anomalias e insuficiências, descoordenação, divisão do partido. Questões que levaram um grupo a contestar”.

A partir desta análise de “uma gestão deficitária”, segundo Gomes, foi criado um núcleo a pensar na possibilidade de uma candidatura. Algumas mudanças da última convenção nacional do MpD, fizeram com que as candidaturas fossem feitas através de uma lista e não nominais. Gomes diz ter, juntamente com outros colegas, apresentado vinte e cinco anomalias da coordenação actual e que “não foram ouvidos”. Mas, “são águas passadas”.

Ainda sobre a candidatura adversária, diz que está a ser suportada pela coordenação anterior e que pretende ser uma candidatura “numa tentativa de dividir o partido” e que, neste momento, estão a “combater a interferência de pessoas”.

“A nossa lista mira unir o partido. Quem acompanha a política sabe que o partido está dividido por interesses alheios ao partido. O nosso objectivo é unir e organizar o partido e preencher todos os requisitos e decisões que estão no regulamento como prestação de contas, gestão de uma comissão política com seriedade, com trabalho e com rigor.”

Para Gomes, o MpD precisa de estar unido e “São Vicente tem que ter voz nas decisões importantes do país”. O partido precisa de ajudar a resolver os problemas do país como o desemprego, a questão da regionalização. Neste aspecto, diz ter pessoas com experiência que têm vindo a debater o assunto, uma diferença com os adversários.

Bases para a moção de estratégia

Elege como base o combate ao desemprego, à pobreza, melhorar a capacidade de investimento nos jovens e ajudar os jovens com capacidades para terem ferramentas. Gomes acrescenta ainda a necessidade de ajudar as classes mais desfavorecidas.

Para este candidato, é preciso haver uma sintonia entre o partido em termos de junção de ideias. Gomes pretende criar uma relação institucional forte com a Câmara Municipal, a Câmara de Comércio e com outras instituições na resolução dos problemas da ilha.

O primeiro contacto com as pessoas, durante a apresentação pública, é visto como positivo por parte do candidato que diz contar com vários nomes do partido na ilha, adiantando Augusto Neves e João Paulo Lima.

“Temos um espírito democrático aberto. No sentido de unir o partido dos que tiverem disponibilidade de tempo e física e que quiserem trabalhar”. Diz que dependendo dos resultados, continuarão a ser do partido querendo colaborar e que, em caso de vitória, está disposto a absorver os que quiserem trabalhar pelo MpD em São Vicente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.