Associação Soncente Menos Álcool, Mais Vida: “a nossa meta é trabalhar na prevenção através da consciencialização”

10/05/2017 05:13 - Modificado em 10/05/2017 05:13
| Comentários fechados em Associação Soncente Menos Álcool, Mais Vida: “a nossa meta é trabalhar na prevenção através da consciencialização”

“Associação Soncente Menos Álcool, Mais Vida”, criada no ano passado em São Vicente, define-se como uma organização sem fins lucrativos, cujo objectivo é fazer com que os jovens se consciencializem de que o uso abusivo do álcool ou de bebidas alcoólicas é altamente prejudicial à saúde física e mental, promovendo, deste modo, a mudança de comportamento por parte destes.

A criação da “Associação Soncente Menos Álcool, Mais Vida” partiu do repto lançado por sua Ex.ª o Sr. Presidente da República de Cabo Verde e já levou a cabo duas acções na cidade do Mindelo – ilha de São Vicente.

Criada em 2016 por 50 mulheres adolescentes, jovens e adultas, oriundas dos diferentes bairros da ilha e com diferentes extractos sociais, sendo, na sua maioria, professoras dos diferentes níveis de ensino.

De acordo com a Mentora e Coordenadora do projecto, Ana Fernandes, professora, a ideia de criar esta Associação partiu do repto lançado por sua Ex.ª o Sr. Presidente da República de Cabo Verde e já levou a cabo duas acções aqui na cidade do Mindelo – ilha de São Vicente.

“As duas acções aconteceram em Agosto de 2016, sendo a primeira, uma aula magna de aeróbica na praça Dom Luís ministrada pelo Personal Trainer Marlon e a outra, consistiu na montagem e permanência de uma tenda no Festival da Baía das Gatas”, realça Ana Fernandes, Mentora e Coordenadora do Projecto. A mesma conta que na altura da segunda acção distribuíram-se panfletos sobre os riscos do uso abusivo do álcool, distribuindo água engarrafada e acrescenta que “tudo foi oferecido de forma gratuita a toda a população presente e aos que se dirigiram à tenda”.

Fernandes conta que a Associação intentou, desde então, outras acções, mas porque esta não está oficializada devido ao decorrer dos trâmites legais, não obteve os apoios monetários de que precisava para a implementação dos projectos que se encontram engavetados à espera dessa oficialização.

Conforme nos adiantou ainda Fernandes, a Associação pretende estar em todo e qualquer foco de proliferação do uso abusivo do álcool e realça que “a nossa meta é trabalhar na prevenção através da consciencialização”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.