Reacções ao jogo da final da Taça de São Vicente: Pênalti é uma lotaria

8/05/2017 05:01 - Modificado em 8/05/2017 05:01
| Comentários fechados em Reacções ao jogo da final da Taça de São Vicente: Pênalti é uma lotaria

O Derby levou a melhor sobre o Mindelense nas grandes penalidades e no final da partida a festa dos dérbianos foi imensa contrastando com a desilusão na face dos comandados de Rui Alberto Leite que, assim, perdem mais uma final de Taça isto, após na época passada o Salamansa ter feito o mesmo frente ao Mindelense.  

No final da partida, Metcha do Derby, melhor marcador desta edição da Taça que marcou duas grandes penalidades neste jogo, apesar de ter estado uma semana ausente dos treinos devido a uma lesão, aponta que “estava lesionado, o treinador optou por me trazer para o jogo, fiquei no banco, entrei porque a equipa estava a precisar de mim e, calhou em mim para converter a grande penalidade porque sou eu quem marco. Marquei o golo e foi bom para a equipa, porque vencemos a Taça”.

Neste momento, Metcha apesar de não estar a cem por cento, afirma que se sente preparado e que para a próxima semana já estará preparado fisicamente para o nacional. “Espírito de sacrifício foi o que me trouxe para este jogo porque quis ajudar e sinto-me mais confiante após esta vitória, até porque vínhamos de duas derrotas consecutivas e, por isso, o grupo está mais confiante”, concluiu o médio centro e um dos capitães da equipa dérbiana.

Já Rui Alberto Leite, treinador dos tricampeões regionais, aponta que foi um bom jogo entre duas equipas fortes cada uma com a sua estratégia. “Nós apresentámo-nos bem, estamos unidos e coesos, a equipa circula bem a bola e jogamos rápido quando é preciso e melhorámos muito ultimamente e acho que mostrámos muitas coisas positivas”, sublinha o treinador dos Leões.

Rui Alberto Leite diz que já sabiam de antemão que o Derby é uma equipa que joga com sistemas diferentes frente a todas as equipas aqui de São Vicente e povoaram mais o meio campo e tiveram circulação de bola, mas que a sua equipa criou mais situações de golo.

“Na segunda parte foi um penálti que na minha opinião foi um pouco forçado, mas pronto, nós acabámos por reagir bem e as substituições surtiram efeito e acabámos por empatar e podíamos até ter ganho; mas penáltis é lotaria”, atira o treinador dos bicampeões regionais que assim, em duas épocas seguidas vê, mais uma vez, uma Taça de São Vicente ir para outro clube.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.