Papalélé: O miúdo que chegou, liderou e conquistou o prémio de melhor marcador do Campeonato Regional

4/05/2017 04:10 - Modificado em 4/05/2017 04:42
| Comentários fechados em Papalélé: O miúdo que chegou, liderou e conquistou o prémio de melhor marcador do Campeonato Regional

Hélio Silva ou simplesmente Papalélé como é conhecido, tem 18 anos de idade e representa as cores do Mindelense. O jovem prodígio camisola 10 dos tricampeões regionais e tetracampeões nacionais, vive momentos de glória na sua primeira época como sénior onde terminou o Campeonato Regional com oito golos apontados em 13 jogos, liderando assim o ranking final da lista de melhores marcadores do regional de futebol.

O Mindelense, clube que representa, sagrou-se, mais uma vez, campeão regional, o tricampeonato, e Papalélé foi, sem dúvidas, o homem golo da equipa de Rui Alberto Leite que ficou à frente do até então melhor marcador da época passada, Bená do Derby que efectuou apenas a sete remates certeiros esta época.

O jovem jogador de quase um metro e meio de altura começou o seu percurso nos juniores do Batuque onde foi bicampeão, passando para a Geração Benfica, onde também foi campeão. De seguida, ingressou no Mindelense onde também foi campeão, regressando para os juniores do Batuque onde, na época passada, foi campeão e melhor marcador da prova com 12 golos em 8 jogos disputados. Devido à trajectória brilhante e à veia goleadora apresentada no seu currículo, mereceu esta época uma oportunidade na equipa principal do Mindelense e, até ao momento, tem-se revelado uma aposta ganha por Rui Alberto Leite na frente do ataque.

Em entrevista a este Online no final da primeira volta quando liderava a lista de melhores marcadores, Papalélé mostrou-se muito feliz e satisfeito pelos golos apontados e também como as coisas estavam a correr até então como sénior e no tetracampeão nacional, a seu ver, a “melhor equipa de Cabo verde”.

Neste momento, terminado o Campeonato Regional, Papalélé conseguiu atingir os dois objectivos traçados para a segunda volta do campeonato que era o de se sagrar campeão com as cores do Mindelense e arrebatar o prémio de melhor marcador do regional. A este Online, o jovem prodígio dos Leões da rua de Praia volta a afirmar que está muito feliz por ter conseguido vencer este prémio no seu primeiro ano como sénior e ao serviço da “melhor equipa de Cabo Verde”.

O atleta do SC Mindelense que certamente é a revelação deste campeonato, faz um balanço positivo porque, como diz, “saímos vencedores do campeonato e individualmente consegui vencer o prémio de melhor marcador”.

Sobre a polémica à volta do caso do momento em torno do Campeonato Regional, Papalélé não se alonga e, como afirma, “só a direcção é que poderá falar sobre isso”.

Neste momento, o clube prepara-se para a final da Taça de São Vicente onde este sábado vai defrontar a equipa do Derby, outro representante da ilha no campeonato maior de Cabo Verde e o ponta-de-lança do Mindelense, reitera que quer vencer todos os troféus que estiverem ao seu alcance. “Já estamos na final, agora é trabalhar para sairmos vitoriosos”, sublinha.

Sobre a participação no Campeonato Nacional que o clube inicia com a defesa do título já no dia 13 deste mês quando enfrentar no estádio Municipal João Serra em Ponta do Sol a equipa do Paulense, campeão da região Norte de Santo Antão, Papalélé aponta que se quer preparar bem para poder fazer um grande Campeonato Nacional e, que somente com muito esforço e trabalho se consegue sair vitorioso e quer vencer o Campeonato Nacional, para além do prémio de melhor marcador.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.