4º Fórum Pensar Safende: “o Fórum tem uma nuance especial de provocar o bairro para pensar“

2/05/2017 08:05 - Modificado em 2/05/2017 08:05
| Comentários fechados em 4º Fórum Pensar Safende: “o Fórum tem uma nuance especial de provocar o bairro para pensar“

O 4º Fórum “Pensar Safende” está enquadrado na semana do empoderamento comunitário sob o lema: Transformar intervenções sociais em oportunidade de emprego e renda para a comunidade – Empowering Community. O Fórum aconteceu na tarde de sábado, dia 29, teve por fim a continuidade das mais diversas intervenções no bairro contribuindo ao processo de desenvolvimento do mesmo. Retocar na questão que cada um pode e deve dar no limite das suas capacidades, a própria contribuição pessoal para somar e engrandecer a zona amada.

 

O bairro de Safende, na cidade da Praia, é uma zona que à semelhança de muitas outras vive vários problemas sociais, sobretudo, o desemprego, a habitação precária, a falta de infra-estruturas, a pobreza, o alcoolismo e outras drogas. Contudo, um grupo de pessoas residentes e na diáspora tem vindo a dinamizar o bairro com diferentes acções no sentido de pôr cobro à situação e fazê-lo desenvolver-se. Apesar da permanência desses problemas, têm-se notado grandes melhorias o que leva os moradores a regozijarem.

 

O fórum Pensar Safende já vai na sua quarta edição: “é algo do bairro, pelo bairro, com o bairro, portanto, claramente uma contribuição da comunidade. Também é verdade que a nossa sociedade sofre influências culturais. A população consciente de Safende sabe que não é assim e é esta mensagem que devemos passar às nossas crianças para um futuro brilhante, considera Bernardino Gonçalves, morador e membro organizador do fórum.

 

O quarto fórum, segundo Bernardino, vem numa altura em que o bairro experimenta impactes do trabalho persistente que tem vindo a ser feito há muito tempo pelos moradores, particularmente os jovens. “Se queremos fazer um recorte no tempo, podemo-nos situar em 2005, mais concretamente em 2007, quando iniciaram aquilo que podemos chamar de luta recente para desafiar a própria sorte, romper-se com o pensamento que nos estigmatizava muito também no imaginário, sobretudo, daqueles que nunca vieram ao bairro, para nos transformarmos numa realidade que a cidade e o país podem ousar referenciar para outros bairros e comunidades”.

 

Segundo o mesmo, o Fórum “tem uma nuance especial de provocar o bairro para pensar. Como dizia alguém, fazer para pensar, pensar para fazer melhor. Temos a noção de que a mais importante peça no xadrez da nossa comunidade é o recurso das pessoas. E o fórum põe as pessoas juntas, novas amizades nascem e aprofundam-se outras. Faz-nos sentir uma família, um bairro um sonho”.

 

O 4º fórum põe uma nova tonalidade na luta concreta dos moradores para construírem um novo Safende com o apoio de todos mas, sobretudo, com as mãos e as cabeças de pessoas do bairro. Sublinha ainda que a concepção, a realização e a apresentação dos temas do 4º fórum estarão a cargo de jovens quadros do bairro.

 

Perspectivando um futuro melhor para o bairro de Safende, o representante defende que o fórum os obriga “a ver com realismo” os dez anos que se passaram, os avanços e os constrangimentos que ainda os acompanha. Em 2020 vão celebrar o primeiro cinquentenário do “bairro amado”, por isso, o desafio é caminhar juntos, “vencer a tentação de irmos sozinhos – que até podemos ir rápido – mas para ir longe, vamos juntos. Temos o dever moral e inadiável de reflectir sobre como podemos valorizar e sintonizar todas as forças do bairro que constituem uma força e uma esperança invencíveis”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.