Polícia turca detém mais de mil pessoas acusadas de ligação a clérigo exilado

26/04/2017 16:15 - Modificado em 26/04/2017 16:37
| Comentários fechados em Polícia turca detém mais de mil pessoas acusadas de ligação a clérigo exilado

A polícia turca deteve hoje mais de mil pessoas por suspeita de pertencerem ao grupo do clérigo Fethullah Gülen, crítico do presidente Recep Tayyip Erdogan, anunciou o ministro do Interior, Süleyman Soylu.

«Esta manhã, foi lançada uma operação em 81 províncias. E ainda continua. Neste momento em que vos falo, 1.009 [pessoas] foram detidas em 72 províncias», afirmou o ministro, citado pela agência de notícias pro-governamental Anadolu.

Gülen é acusado por Ancara de ser responsável pela tentativa de golpe de Estado de julho passado, o que o líder religioso recusa.

 

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.