Nadine Duarte espalha beleza no Youtube

25/04/2017 02:06 - Modificado em 25/04/2017 05:09
| Comentários fechados em Nadine Duarte espalha beleza no Youtube

Nadine Duarte, natural de São Vicente e imigrante em França, espalha beleza no youtube com dicas para as mulheres e, em honra à sua língua materna, o seu canal vem de Paris com um toque em crioulo.

Nadine Duarte imigrou para França aos 15 anos, é formada em contabilidade, mas a paixão pelo batom, rímel e blush falou mais alto e hoje, aos 31 anos, dedica-se às mulheres com o seu canal no youtube ensinando-lhes a serem mais bonitas e vaidosas.

“Ao terminar o curso vi que não era feita para trabalhar fechada numa sala em frente a um computador. Rapidamente fiz uma reconversão profissional que consistiu em fazer um curso para mudar de profissão e hoje sou formada em cabeleireira e esteticista. E, sendo vaidosa desde criança, optei pela minha paixão e dom, porque antes de ser formada já fazia tudo”, diz Nadine Duarte. Esta relembra que tem esta paixão desde criança e conta que ela e as irmãs já apanhavam os batons da avó, nascendo assim essa dedicação pela beleza.

A criação do canal no youtube e em crioulo é um sonho realizado porque “sou altruísta e adoro ajudar as pessoas a sentirem-se mais bonitas e com auto-estima elevada”. No início, Nadine Duarte conta que começou a fazer vídeos em português mas não apareciam com naturalidade e, a partir dessa constatação, perdeu o receio de não ter “feedback” e de não ajudar o maior número de mulheres, pelo que começou a fazê-los na sua língua materna, o crioulo. “No Instagram perdi o medo e comecei a fazer uns post a falar em crioulo e as meninas começaram a gostar. Logo pensei na Tracy, uma amiga que um dia me perguntou porque não fazia os vídeos em crioulo. Discuti ao meu redor e a maioria das pessoas disse-me que não ia ter muitos seguidores, que não seria conhecida por muita gente, menos o meu namorado que me incentivou na hora. Pensei em muitas pessoas que amam a moda e a beleza e que hoje têm uma inspiração. Eu, por exemplo, tenho várias. Então, porque não ser a inspiração das minhas cabo-verdianas lindas, a compartilhar as minhas dicas já que ainda não têm nenhuma youtuber que fala crioulo? Para mim não importa ser conhecida por milhões de pessoas. O que quero mesmo é ajudar as cabo-verdianas a sentirem-se mais bonitas e com um maior auto-estima”, explica Nadine Duarte.

A esteticista e cabeleireira assegura que o crioulo nos vídeos não lhe impediu de ter um feedback muito positivo e adianta que “é um orgulho saber que inspiro mulheres de todas as idades. Desde adolescentes a mulheres maduras ouço dizer: “de qualquer forma tenho cabelo crespo e o penteado não ficará bonito”, “sou muito velha e ficarei ridícula maquiada”, enfim, o conceito de beleza é muito vago. Quero é ajudar cada uma delas a explorar o potencial de cada uma”. 

Todavia, Nadine Duarte fala da beleza que nada tem a ver com a maquiagem, o cabelo, a roupa, o peso, o tamanho ou o estilo e faz com que as mulheres não deixem que os padrões criados pelos homens as derrubem e explica que “a beleza é auto-estima, auto-confiança, carácter, princípios e personalidade. A moda e a beleza são acessórios exteriores para completar tudo isso”. 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.