Os peões julgam que são carros

17/04/2012 07:35 - Modificado em 17/04/2012 07:35
| Comentários fechados em Os peões julgam que são carros

A rotunda de Chã de Alecrim que dá acesso ao Madeiralzinho constitui um perigo para os condutores. Devido a circulação de pedestres nessa rotunda como se fossem veículos. Por outro lado o excesso de velocidade é um inimigo para quem está ao volante. Porque nessa área os condutores ficam com a faca e o queijo nas mãos na hora de evitar um atropelamento.

O NN constatou que há pedestres que estão a desrespeitar as regras de trânsito nas imediações da rotunda de Chã de Alecrim que dá acesso ao Madeiralzinho. Pois algumas pessoas trocaram os passeios pela estrada asfaltada e os riscos de atropelamentos são constantes. Mas o bom senso de quem está ao volante tem evitado tragédias nessa rotunda.

Mas há cidadãos que obrigam os condutores a ceder-lhes passagem quando circulam na imediação da rotunda. Esta situação tem deixado alguns condutores com os nervos a flor da pele. Mas o problema continua quando se saí da rotunda em direcção ao Madeiralzinho. Devido a inexistência de passeios para os peões, os condutores têm que parar para os deixar passar. Porque em caso de desvio, o condutor fica sujeito a um embate com o veículo que circula no sentido contrário.

Hábito

O respeito pelas regras de trânsito não reside na rotunda de Chã de Alecrim que dá acesso a Madeiralzinho. Porque alguns cidadãos teimam em desafiar a morte, pois circulam nessa rotunda como se fossem carros.

Segundo alguns condutores “as pessoas que circulam nesta rotunda não têm o mínimo de respeito pelas regras de trânsito. Mas é inadmissível que as pessoas continuem a colocar sua vida nas mãos dos condutores. Porque ficamos com a faca e o queijo nas nossas mãos e em caso de atropelamento, as consequências podem cair para o lado do condutor”.

Mas os condutores sabem que para além dos pedestres, a velocidade é outra inimiga na rotunda de Chã de Alecrim. Pois, quem não reduzir a velocidade corre o risco de atropelar alguém, ter um acidente ou cair na ravina. Porém o NN constatou que há veículos que descem na estrada de acesso ao Complexo Pombas Brancas, e apesar de haver um sinal que os obriga fazer a rotunda, muitos ignoram o sinal e curvam para  a esquerda.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.