Santo Antão: Jovens atletas da Zona de Lagoa do Planalto Leste recebem novos equipamentos

24/04/2017 07:44 - Modificado em 24/04/2017 07:44
| Comentários fechados em Santo Antão: Jovens atletas da Zona de Lagoa do Planalto Leste recebem novos equipamentos

Os estudantes e atletas da escola do EBI de Lagoa, pólo número 4 do Concelho da RG, receberam novos equipamentos provenientes de Portugal, graças ao apoio do antigo atleta Internacional Português e actual treinador João Silva, pelo que o treinador e professor dessas crianças, Eliseu Fortes, em nome dos seus atletas, mostra-se agradecido com este gesto e prevê um futuro risonho para este projecto.

Eliseu Fortes arrancou recentemente com este projecto que no início consistia em apenas treinar estes jovens para a disputa dos jogos escolares e da corrida da liberdade na Cidade da Ribeira Grande, mas com os resultados obtidos e pela forma como foram conseguidos com os atletas a concluírem os seus percursos com os pés no chão, o treinador não teve dúvidas na altura em afirmar a este Online que eles seriam futuros grandes atletas. Eliseu, como forma de ajudar estas crianças, começou a sua luta para angariar equipamentos para estes jovens atletas e hoje mostra-se satisfeito com os primeiros frutos deste projecto.

O professor não tem dúvidas em afirmar que para algo que começou só para treinar para os jogos escolares, não poderia estar melhor. “É óbvio que o crescimento desses miúdos como atletas deve ser paulatino tanto em termos físicos e mentais como também a nível competitivo e esses materiais caem quem nem “luvas” aos pés dessas crianças mas também para o projecto pensado para termos atletas capazes de representar a própria Ilha de forma competente”, aponta Eliseu.

O treinador destaca o trabalho feito por João Silva (antigo Internacional Português e actual treinador profissional) por ser um acto de louvar e tanto. Eliseu indica três pontos fundamentais que levaram o ex-atleta a comover-se e a ajudar estes jovens que estão no início das suas carreiras. Primeiro, por se ter sensibilizado com a situação dessas crianças que adoram o atletismo mas que treinam com os pés descalços; segundo, porque nunca as tinha visto pessoalmente o que acrescenta ainda mais valor ao acto, se é que só por ter a iniciativa de fazer uma campanha a favor delas já não tinha ganho todos os pontos desse projecto; terceiro, porque João Silva acabou por envolver atletas internacionais portugueses e de renome a nível mundial no projecto de cariz social para que estas crianças pudessem hoje estar a treinar com um conforto consideravelmente bom, dada a sua situação socioeconómica.

Para o treinador, muitos desses atletas são de famílias muito humildes e, por isso, não lhes conseguem dar umas sapatilhas e, mesmo quando lhas dão, não podem ser usadas para treinarem, sobretudo no piso que destrói o material em pouco tempo (terra batida e solta). Por isso, Eliseu diz que “há poucas palavras para descrever esta atitude mobilizadora do João Silva em prol do conforto dessas crianças, mas isso pode ser descrito nas imagens mais esclarecedoras dos seus rostinhos todos alegres por saberem que daqui para a frente treinarão e competirão com sapatilhas e equipamentos adequados”.

Segundo Eliseu Fortes esta união e/ou “parceria”, não ficará por aqui com a primeira atitude do João Silva, isto porque ele já demonstrou enorme vontade em ser o padrinho desta nova “escolinha”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.