Fufu sai do banco, marca e adia decisão do título para a última jornada

24/04/2017 07:29 - Modificado em 24/04/2017 07:33
| Comentários fechados em Fufu sai do banco, marca e adia decisão do título para a última jornada

A Académica do Mindelo mesmo com a vitória do Mindelense frente ao Derby por três a um, entrava em campo frente ao Batuque FC dependendo somente dela para se sagrar campeã regional, mas tal não aconteceu por culpa de Fufu do Batuque que no último suspiro do jogo fez cair por terra as esperanças da Micá de festejar o titulo já este sábado.

A “Micá” entrou em campo sabendo que o Mindelense tinha vencido o seu jogo, mas que lhe bastava apenas pontuar para festejar o título. Os comandados de Bubista entraram apáticos no jogo e foi o Batuque FC quem dominou todos os momentos do jogo e no decorrer da primeira parte criou algumas situações claras de golo mas que não tiveram o desfecho desejado. A Micá só de bola parada pode incomodar Fock, uma vez, por intermédio do capitão Pepa na marcação de um livre directo.

Na segunda parte, o jogo continuou com a mesma toada com o Batuque FC sempre por cima e a tentar o golo, com a “Micá” cada vez mas retraída nos seus últimos 30 metros. Nhela apostava no ataque e fez entrar Mumutcha e Tatau para as saídas de Peixe e Ary. Já Bubista dava mais consistência ao meio campo com as entradas de Valter e Djat.

Com o jogo dos bancos por parte dos treinadores, as tácticas alteravam e as equipas enquadravam-se em novos estilos tanto a atacarem como a defenderem mas com o Batuque FC sempre por cima no jogo. À passagem do minuto 80 saltava do banco o camisola 10 do Batuque FC, Fufu, o último trunfo de Nhela para o jogo e, como tal, se revelou fundamental e decisivo para o desfecho final do jogo. É que à passagem do primeiro minuto de descontos, Fufu gelou o Adérito Sena, um balde de água fria para os da “Micá” que certamente por esta altura não imaginavam tal cenário. Explosão de alegria de um lado e desânimo do outro lado foi o que se viu no momento do golo.

A “Micá”, com este resultado, adia a decisão do título do campeonato regional de São Vicente para a última jornada, mas continua a depender só dela para se sagrar campeã visto que leva uma vantagem de três pontos em relação aos bicampeões regionais.

As equipas perfilaram do seguinte modo:

Académica: Ken (GR), Tchuk, Nhambu, Nando, Bomba, Dukinha, Fredson, Pepa, Balakov, Tuita e Gil com os suplentes; Vava (GR), Valdir, Djodje, Pitéu, Valter e Djat. Suplentes utilizados Pitéu, Valter e Djat; treinador Bubista.

Batuque FC: Fock (GR), Vady, Tony, Tutuia, Yuran, Karr, Kevin, Bolinha, Peixe, Ary e Pibip, com os suplentes; Bruno (GR), Mumutcha, Fufu, Ivan, Elzo, Ravy e Tatau. Suplentes utilizados Tatau, Mumutcha e Fufu. Treinadores Nhela e Djodje.

Equipa de Arbitragem: Árbitro principal Elísio Monteiro, coadjuvado pelos árbitros assistentes Osvaldino Neves e Benedito Santos e o quarto árbitro Manuel Gomes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.