Funcionários de limpeza do Mercado Municipal reclamam de falta de fardamento para trabalharem

21/04/2017 04:53 - Modificado em 21/04/2017 04:53

Considerado um dos mercados mais referenciados do país, o Mercado Municipal de São Vicente, também enfrenta alguns problemas de ordem de funcionamento. É que de acordo com algumas informações recolhidas juntamente dos funcionários que fazem parte do quadro de funcionamento do local, estes demonstram-se bastante insatisfeitos com a Câmara Municipal de São Vicente.

Segundo fonte deste online, os problemas passam pelo fardamento, um dos importantes itens de trabalho dos funcionários deste mercado. É que conforme foi apurado no local, há muito que a CMSV não lhes fornece a “bata” e, são as mesmas que a compram com o próprio dinheiro, algo que não deveria acontecer, já que prestam um serviço municipal, logo é da responsabilidade da edilidade fornecer os instrumentos de trabalho, neste caso, a farda, de forma que fiquem bem identificadas e também para demonstrar claramente que fazem parte do local, afirmam.

A nossa fonte diz ainda que esta é uma situação em todos os mercados, o mercado de Monte Sossego, Ribeirinha e também da Praça Estrela. Dizem que há muito que estão a exigir do responsável pelos mercados para que este problema seja resolvido, mas até agora e já lá vão alguns anos, ainda nada foi feito.

Outra questão também é sobre a segurança, é que os funcionários que fazem a segurança do local não tem nada que os identifique da função de desempenham e muitas vezes, acontecem desacatos e não são respeitados porque não são reconhecidos como a autoridade que actua dentro do local, logo também é uma questão de segurança que deve ser resolvida, dizem. Se não com uma farda, que seja então apenas com um crachá que lhes dê a devida identificação de forma a fazerem o seu trabalho sem sobressaltos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.