Fogo: adolescente grávida de seis meses chega morta ao Banco de Urgências

21/04/2017 04:45 - Modificado em 21/04/2017 04:45

A adolescente de 13 anos, residente em Sao Felipe,ilha do Fogo, que terá sido  abusada sexualmente por um indivíduo de maior idade e que estava grávida de seis meses morreu por volta das zero horas de quinta-feira, 20,  de acordo com a Inforpress.

O director do hospital regional, Luís Sanches, citado  pela Inforpress, confirmou a morte da adolescente sem avançar qual a causa da morte, indicando que a direcção deste estabelecimento hospitalar está a encetar contactos com a Procuradoria da República junto da Comarca de São Filipe, a quem cabe a responsabilidade de determinar a realização ou não da autópsia para determinar a causa da morte ou pela liberação do cadáver. O que se sabe , de acordo com a PN de São Felipe é que  adolescente já estava  morta quando  deu entrada no serviço de urgência 

O caso da adolescente foi tornado público no passado mês de Fevereiro, aquando da denúncia feita por uma vizinha e depois por uma tia que apresentou queixa às autoridades policiais com conhecimento ao Instituo Cabo-verdiano de Criança e Adolescente (ICCA).

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.