UCID dá benefício da dúvida ao governo na isenção de vistos a cidadãos europeus

19/04/2017 05:31 - Modificado em 19/04/2017 05:31

A UCID dá o benefício da dúvida ao governo relativamente a questão da isenção dos vistos para cidadãos europeus. Para o presidente da UCID, António Monteiro, no momento não se pode penalizar o governa com a medida tomada, mas sim, “ir controlando o que vai passando no país e exigir que a população e os empresários tenham melhores condições para o desenvolvimento da economia e criação de emprego”.

Segundo da UCID a medida de isenção de vistos é uma medida secundária. E aponta para o partido os pontos elementos mais importantes para o país “ é a Criação e emprego, o bem-estar social, e crescimento da economia”. E o partido não preocupa a forma desde que estes elementos sejam atingidos.

“Esperamos que com esta atitude o governo esteja a defender os interesses dos cabo-verdianos, e esperamos que quando a UCID pressionar para o melhoramento de condições de vida dos cabo-verdianos não venha acenar com falta de recursos financeiros para atingir as exigências”.

A UCID entende que é ma medida de gestão mas sublinha a quebra de receita a volta de 1.8 milhões de contos com o serviço de vistos. E neste sentido dá o beneficio ao governo entendo que o alcance que o governo quer atingir “é superior a este montante que vai se perder”.

Em todo o processo de divulgação da medida, a UCID entende que houve uma falha de comunicação por parte do governo. “O governo falhou na comunicação, vem por na prática sem os esclarecimentos aos cabo-verdianos e ao Presidente da República. E situações do tipo devem ser concertados com o residente e os partidos, para não criar os ruídos que possam prejudicar o entendimento”.

  1. Malaguitinha

    O António Monteiro deveria ver esta notícia http://www.europarl.europa.eu/news/pt/news-room/plenary/2014-02-24/7 e defender a mesma coisa para os caboverdeanos e não apoiar o MPD nessa medida que pretendem tomar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.