Vanderlei do Rosário: O melhor jogador do Campeonato Regional de Futebol em Santo Antão Norte

19/04/2017 05:23 - Modificado em 19/04/2017 05:23
| Comentários fechados em Vanderlei do Rosário: O melhor jogador do Campeonato Regional de Futebol em Santo Antão Norte

Vanderlei do Rosário, atleta de 21 anos de idade representa, nesta época, as cores do Sinagoga, clube que ficou no segundo lugar do campeonato, mas que viu o seu jogador ser distinguido como o melhor jogador do Campeonato Regional de Santo Antão Norte.

Depois de uma breve passagem por São Vicente, onde representou as cores do Batuque FC, o jovem jogador regressou à sua antiga equipa, o Sinagoga FC, clube que se sagrou campeão regional na época transacta.

Numa conversa ao NN, Vanderlei Rosário aponta os motivos que o levaram a regressar à sua antiga equipa e por ter sido reconhecido com o prémio de melhor jogador do campeonato desta época. Depois da breve passagem pelo Batuque FC na época passada, o camisola 10 do Sinagoga FC conta que foi para o Batuque tentar a sua sorte e afirma que correu bem e que no final da época queriam que ele continuasse, mas que tal não foi possível porque o presidente se encontrava ausente e tudo ficou mais difícil para acertar os detalhes.

De regresso a Santo Antão, Vanderlei reitera que teve uma proposta do Rosariense mas, como diz, “a proposta não me convinha e decidi jogar no clube do meu coração: o Sinagoga FC. Quando cheguei, as expectativas eram altas porque quis ajudar o clube a conseguir novamente o título, pois não participei no campeonato que venceram no ano passado por estar a representar o Batuque. Mas tais expectativas não foram correspondidas ao que se esperava”.

O jogador cumpriu toda a sua formação no Sinagoga FC, tendo ingressado na equipa sénior ainda com idade júnior, ou seja, com apenas 15 anos de idade, isso devido à qualidade constatada pelo treinador da altura. Depois de vencer o troféu que o consagrou como melhor jogador do campeonato regional desta época, o seu primeiro prémio individual pela equipa sénior, Vanderlei afirma que “sinceramente não estava à espera de vencer este prémio porque o Paulense foi campeão regional e estava à espera que fosse algum jogador deles a vencer. Mas, no fundo, pela época que fiz, tinha alguma esperança em vencê-lo. Sinto-me muito feliz por o ter conquistado no meio de tantos jogadores que já jogam há bastante tempo e, pela equipa do meu coração, é espectacular”.

Vanderlei não se esquece da passagem pelo Batuque e caracteriza-a como sendo um dos pilares fulcrais para ter vencido o prémio e indica que aprendeu muitas coisas no clube e no campeonato regional de São Vicente “e, se neste momento, sou um jogador com muita evolução técnico-táctica é graças à experiência e aperfeiçoamento que tive no clube e na Ilha”.

Com 8 golos apontados nesta época divididos entre campeonato e taças, o jovem jogador aponta que a sua expectativa era conseguir mais alguma coisa pelo clube, mas que tal não foi possível devido às condições que o clube tinha. “Mas de resto, foi uma boa época porque vencemos a Supertaça, ficámos em segundo lugar no Campeonato Regional e chegámos à final da Taça que, infelizmente, pela falta de sorte, perdemos”, sublinha Vanderlei.

Com o fim da época desportiva em Santo Antão Norte, o jogador que sempre foi aposta do treinador em todos os jogos, diz que neste momento está estudando propostas de clubes. “O Rosariense está muito interessado em contar comigo. Mas também a Académica do Sal mostrou interesse desde o início da época em me levar, pelo que, neste momento, estou a analisar o que é melhor. Em São Vicente, a época ainda está a decorrer pelo que poderão surgir algumas propostas. Tudo está em aberto neste momento”, conclui o médio ala do Sinagoga FC.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.