«Durante dois anos joguei com um catéter e urinava sangue» – Saúl Ñiguez

17/04/2017 08:34 - Modificado em 17/04/2017 08:34

Saúl Ñíguez, médio espanhol de 22 anos do Atlético de Madrid, contou, numa entrevista à Mega, e reproduzida pela AS TV no site, que viveu momentos de grande sofrimento por causa de problemas num rim.

«Joguei dois anos com um catéter interno, em cada jogo, em cada treino. Urinava sangue, passava mal e tinha náuseas; coisas muito complicadas que as pessoas não sabem, nem imaginam», recordou o jogador, continuando o relato.

«Recordava tudo; onde me doía, quantas vezes vomitava, as vezes que caí em campo, tudo… Estava a jogar a minha saúde para vestir as minhas cores, para vestir um sonho. Quando ultrapassei o problema e voltei a jogar pela primeira vez, quando marquei um golo, foi como uma libertação, um peso enorme que tirei de cima. O medo de voltar a passar mal… As pessoas não imaginam.».

 

abola.pt

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.