Ex-ministra Espanhola encontrada morta em casa

10/04/2017 08:56 - Modificado em 10/04/2017 08:56
| Comentários fechados em Ex-ministra Espanhola encontrada morta em casa

Carme Chacón, a primeira mulher a ocupar o cargo de ministra da Defesa em Espanha, foi encontrada morta em casa este domingo, 9 de abril. A ex-ministra do Governo de José Luis Rodríguez Zapatero, de 46 anos, sofria de síndrome do ‘coração invertido’, uma doença congénita do coração, adianta o jornal El País.

 

O mesmo jornal adianta que Carme Chacón foi encontrada já sem vida pelas 19h30, no seu apartamento de Madrid, depois de vários familiares e amigos terem alertado para o facto de estar incontactável desde o dia anterior.
A antiga ministra socialista sofria de problemas cardíacos desde criança e associou-se muitas vezes a ações de sensibilização para a cardiopatia congénita. [Tenho] 35 pulsações por minuto [o habitual é 60 a 100 batimentos por minuto] e o coração virado ao contrário, com um bloqueio ventricular completo.

Isso faz-me pensar que cada dia é um presente”, explicou ao jornal La Vanguardia em 2005, adiantando que aproveitava todos os momentos e que se sentia realizada por ter conseguido fazer coisas que os médicos lhe disseram desde criança que não poderia fazer. Foi mãe, por exemplo, e durante muitos anos jogou basquetebol, uma das suas grandes paixões.

 

caras.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.