PAICV – São Vicente: “Os centros de saúde devem continuar lá onde estão”

6/04/2017 08:19 - Modificado em 6/04/2017 08:19

Os deputados nacionais do PAICV de visita à ilha concentraram a própria atenção na área da saúde, isto quando na ilha se discutem as alterações em relação ao sistema de saúde com previsão de encerramento de alguns centros de saúde. Da visita realizada, o partido demonstra a sua avaliação: “todos os centros de saúde devem continuar lá onde estão”, segundo o deputado Manuel Inocêncio, em declarações à imprensa.

O mesmo sustenta que a população já está acostumada a este tipo de serviço. E põe a tónica na proximidade destes centros de saúde com a população, relacionando com o tipo de serviço prestado como o atendimento aos idosos.

A sugestão feita pelo grupo parlamentar é o de “trabalhar no sentido de reforçar a intervenção dos centros de saúde, equipando-os com instrumentos de diagnóstico básico para um melhor atendimento primário”. Na perspectiva dos deputados do PAICV, globalmente ganha-se equipando os centros de saúde, sendo também uma forma de aliviar os serviços de urgência do Hospital Baptista de Sousa.

Para o PAICV, o Governo precisa de dizer “claramente se vai ou não encerrar os centros de saúde”. O da Ribeira de Craquinha, já foi dito pelos responsáveis do centro que não vai fechar, mas o PAICV estende a preocupação ao centro de Fonte Inês”.

“No nosso entendimento não se deve fazer isso porque as populações habituaram-se a um atendimento próximo e isto é um avanço da saúde em Cabo Verde”.

  1. Maria José

    Isto de politica é muito interessante. Tem-se sempre que opor para dizer que esta-se a defender os interesses do eleitorado, para se poder dizer que a oporicao esta a fazer um bom trabalho. Sinceramente. Ainda bem que nao voto nesses canalhas.

  2. Teresa

    Fechar Centros de Saúde em S. Vicente é um pensamento impróprio, talvez melhoramentos sim. Posso dar um exemplo que está à vista de todos, mas ninguém faz nada. O centro de saúde de Fonte de Inês tem umas rampas que supostamente devia ser para cadeiras de rodas e mães com crianças de carrinho, certo é que aquelas rampas mais parecem umas ladeiras e ninguém consegue colocar lá um carrinho, quanto mais uma cadeira de rodas com um adulto, é que nem serve para subir a pé. Isso sim, merecia umas obras e fazer uma coisa como deve ser. Deixem-se mas é de estudos e politiquices e façam aquilo que o povo espera, que é melhorarem condições dos equipamentos.

  3. Paney Ferrera

    Mindelo precisa de pelo menos mais 2 CS. Em vez disso pretendem fechar 2 e transferir a PMI para a sede da Delegacia. Será que essa gente entende alguma coisa de organização da saúde?
    Deixem a arrogância de lado e peçam subsídios a quem entende. O povo de SV agradece

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.