Número de passageiros nos transportes colectivos em Cabo Verde aumentou em 2016

5/04/2017 08:30 - Modificado em 5/04/2017 08:30
| Comentários fechados em Número de passageiros nos transportes colectivos em Cabo Verde aumentou em 2016

O número de passageiros nos transportes colectivos em Cabo Verde aumentou em 2016, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano, que destaca o acréscimo nos autocarros em mais de 23%.

Segundo as estatísticas dos transportes divulgadas pelo INE, em 2016 o número de passageiros nos aeroportos e aeródromos cabo-verdianos foi de 2.101.413 movimentos, um aumento de 10,1% (30.209) em relação ao ano anterior.

No ano passado, o aumento de movimento de passageiros embarcados foi de 1.075.894, um aumento de 9,5%. Os passageiros desembarcados foram 1.025.519, mais 10,7%, e registaram-se 156.942 em trânsito, mais 24,1%.

Ainda nos transportes aéreos, o número de aviões movimentados foi de 30.209, mais 2.527 movimentos face ao ano de 2015, um aumento de 9,1%, enquanto que as cargas foram de 2.777.761 toneladas, registando-se uma diminuição de 2,4%.

Relativamente aos transportes marítimos, em 2016 registaram-se 7.534 movimentos de navios nos portos de Cabo Verde, um aumento de 7,4% comparativamente ao ano anterior.

O número de passageiros movimentados foi de 903.127, mais 68.528 movimentos do que em 2015, correspondente a 8,2%.

As mercadorias movimentadas foram 2.078.706 toneladas, o que correspondeu a um acréscimo de 5,9% face ao ano anterior.

Segundo o INE, no ano passado pelos portos cabo-verdianos passaram 63.064 contentores, mais 9.395, registando-se um aumento de 17,5% em relação ao ano de 2015.

A nível dos transportes terrestres, o INE constatou que em 2016 os cabo-verdianos passaram a andar mais de autocarro, tendo registado 14.978.375 passageiros transportados, mais 2.857.937 do que em 2015, um aumento de 23,6%.

No mesmo período, o INE notou que houve um aumento de percursos de 7,6%, num total de 1.524 quilómetros, mais 108 do que em 2015.

Com isso, os quilómetros percorridos pelos autocarros aumentaram (3,6%), bem como o número de horas de trabalho (6,8%).

Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.