Passageiros do Fogo retidos na Brava reclamam das más condições de alojamento

5/04/2017 07:58 - Modificado em 5/04/2017 07:58
| Comentários fechados em Passageiros do Fogo retidos na Brava reclamam das más condições de alojamento

O navio Fast Ferry que faz a ligação entre as ilhas de Santiago, Fogo e Brava, não conseguiu atracar no cais do Vale dos Cavaleiros na ilha do Fogo devido ao mau tempo. O navio Fast Ferry saiu do Porto do Praia ,na tarde de segunda-feira, 03 , com destino a ilha do Fogo , mas devido as condições do tempo não conseguiu atracar no porto do Vale dos Cavaleiros. Por razões de segurança foi obrigado a desviar para a ilha Brava. Os passageiros com destino a ilha do Fogo encontram se retidos na ilha Brava reclamam das condições em que se encontram desde que chegaram.

De acordo com os passageiros contactados pelo NN, são mais de sessenta pessoas aguardando ligação com a ilha do Fogo. Lili de Pina uma das passageiras afirma não haver quaisquer condições de alojamento. “Temos crianças com frio, a dormir no chão e não nos concederam qualquer refeição”.

Parte dos passageiros encontram- se alojados na gare dos passageiros, pois não tinham outra solução. Djeni defende que a segurança dos passageiros está em primeiro lugar, mas sustenta que os responsáveis pelo transporte marítimo também deveriam se  preocupar com a situação das pessoas e garantir outras condições de alojamento.

“Depois de uma viajem turbulenta, chegamos a ilha Brava por volta das 17 horas e ninguém nos avisou que o navio devia seguir para outro destino. Entendo que foi pela nossa segurança, mas não custava avisar”.

O estado do tempo não permite a saída de embarcações. O mar esta sendo efectado com fortes ventos, com ondas gigantes podendo atingir quatro metros. Os passageiros deverão aguardar ate que as condições de tempo se normalizem  para poderem desfrutar de uma viagem tranquila e em segurança.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.