Ministro da Economia: “O Governo cumpriu com um terço da meta estabelecida para o emprego”

4/04/2017 08:28 - Modificado em 4/04/2017 08:28
| Comentários fechados em Ministro da Economia: “O Governo cumpriu com um terço da meta estabelecida para o emprego”

O Ministro que tutela a pasta da Economia em Cabo Verde, José Gonçalves, reitera o compromisso do Governo de criar 45 mil postos de trabalho e esclarece que o aumento do desemprego divulgado pelo INECV em 2016, corresponde às pessoas que estão à procura de trabalho.

O Ministro esclarece o conceito de desempregado e adianta que de acordo com a Organização Mundial do Trabalho (OMT), “é alguém na faixa etária dos 15 aos 65 anos que não tenha trabalhado uma hora na semana anterior à realização do inquérito, que tenha procurado emprego nas quatro semanas anteriores e que esteja disponível para aceitar um emprego imediatamente”, isto mediante as estatísticas do Emprego e Mercado de Trabalho do INECV que registam um crescimento da taxa de desemprego de 12,4% em 2015 para 15% em 2016, com o país a registar mais 9.356 desempregados, isto de acordo com a Inforpess.

Perante este dado, o Ministro José Gonçalves frisa que “o desemprego a mais em 2016 contra 2015, se deve aos 18.443 trabalhadores que saíram à procura de emprego e que apenas metade encontrou trabalho. O impacte de 30% a mais de criação de emprego é ponderadamente superior ao impacte de 2,58% de desemprego reflectido quando é a mobilidade do inactivo para o activo. Ninguém foi criar desemprego, o desemprego manifestou-se porque as pessoas que antes não o procuravam foram à procura e foram captadas no radar”.

O Ministro discorda com a leitura feita pela imprensa e acrescenta que os dados revelam que em menos de um ano o executivo criou 15.240 empregos, o que corresponde a um aumento de 30% da taxa de emprego no país. Assim sendo, o Governo do MpD cumpriu com um terço da meta estabelecida no programa de governo, renovando o compromisso do Governo de criar 45 mil novos empregos em cinco anos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.