Fazenda Esperança e Diocese de Santiago pretendem abrir centro de recuperação de dependentes químicos

3/04/2017 08:51 - Modificado em 3/04/2017 08:51
| Comentários fechados em Fazenda Esperança e Diocese de Santiago pretendem abrir centro de recuperação de dependentes químicos

As casas de recuperação de dependentes químicos vão ser construídas na zona da Trindade, cidade da Praia, e ocupará um espaço de quinze hectares. Inicialmente, deverá acolher cerca de quarenta e duas pessoas. O projecto é da ONG Fazenda Esperança em parceria com a Diocese de Santiago e deverá, posteriormente, abranger outras ilhas do país. A inauguração está prevista para o próximo mês de Agosto e conta com o apoio financeiro da CEI, Conferência Episcopal Italiana.

Fazenda Esperança é uma ONG criada em 1983 no Brasil com o fito de ajudar na recuperação de pessoas vítimas das drogas, toxicodependentes e seus familiares. Esta organização está espalhada por quinze países. O processo de implementação da Fazenda Esperança em Cabo Verde está em andamento, segundo o padre Vinícius Gouveia, um dos missionários deste projecto que anuncia a sua inauguração para o próximo mês de Agosto.

A construção das três casas terá a duração de um ano e a inauguração está prevista para o mês de Agosto. Pretende, no início, receber quarenta e duas pessoas. Os recuperandos terão de ser submetidos a um processo de tratamento de um ano. O tratamento também abrange os seus familiares, uma vez que são estes os mais atingidos pelas consequências dos actos e comportamentos dos toxicodependentes.

De acordo com o padre Vinícius, o primeiro ano será de “inculturação”, contacto com as pessoas de modo a poder levar a mensagem de “uma vida nova às famílias que sofrem em silêncio ou têm vergonha de contar ou não sabem a quem recorrer”.

Fazenda Esperança é um projecto de um jovem de 18 anos que responde pelo nome de Nelson que ao se aproximar de um grupo de jovens dependentes químicos foi desafiado a responder a um pedido de um desses jovens que lhe pediu para o ajudar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.