Académica: Aniversário com sabor a liderança e com Nacional à vista

3/04/2017 08:04 - Modificado em 3/04/2017 08:04
| Comentários fechados em Académica: Aniversário com sabor a liderança e com Nacional à vista

A Académica recuperou a liderança perdida precisamente a favor do Mindelense na jornada passada, mas o Leão adormeceu e não teve muito tempo no topo, porque com o empate registado frente à lanterna vermelha Ribeira Bote a zeros e, com a goleada da Micá sobre o Falcões do Norte por quatro bolas a uma, a Micá volta a assumir o comando, algo normal nesta época.

A Micá entrou em campo frente ao Falcões do Norte no segundo posto e, sabia de antemão que uma vitória colocaria grande pressão sobre o Mindelense que entraria em campo de seguida frente ao Ribeira Bote. A verdade é que a Micá entrou a todo o gás e logo à passagem do minuto 2 do jogo, num lance à ponta de lança, Gil inaugurou o marcador do jogo. Mas o Falcões do Norte conseguiu igualar a partida ao minuto 22, da primeira parte, na marcação de uma grande penalidade. Mesmo com os dois golos no marcador ao fim da primeira parte, o jogo nem sempre foi bem disputado e, com poucas oportunidades de golo.

Na segunda parte, a história foi outra e a Micá veio disponível a arriscar tudo e, conseguiu adiantar-se de novo no marcador logo aos três minutos desta feita, através da infelicidade do defesa central da equipa verde e branca, Fabrício, a introduzir a bola dentro da sua própria baliza. Os adeptos da Micá ainda faziam a festa do segundo golo quando Balakov, passados dois minutos, aumentou a vantagem da Micá para três a um. Foi o xeque-mate para os homens do Falcões que nem tempo tiveram para esboçar qualquer reacção. Aos 65 minutos de jogo, o mesmo Balakov, o homem do jogo, voltou a aparecer para estabelecer o resultado final em quatro bolas a uma a favor da Micá. No mesmo minuto Djay, capitão do Falcões após protestos, recebeu ordem de expulsão.

Com a escorregadela dos Leões da rua de Praia frente ao Ribeira Bote, a Académica volta a assumir o lugar que mantinha já há oito jogos consecutivos, tendo-o perdido na última jornada, mas que passada apenas uma jornada, volta a recuperar. Com este resultado, a Micá fica a escassos pontos de atingir o objectivo nacional.

As equipas perfilaram do seguinte modo:

Académica: 1- Vavá (GR); 4- Nhambu; 22- Bomba; 14- Tchuk; 20- Vivin; 9- Duquinha; 27- Fredson; 19- Pepa (cap.); 10- Gito; 17- Balakov; 24- Gil com os suplentes 12- Jorge (GR); 16- Valdir; 6- Nando; 7- Pitéu; 11- Kenny; 18- Djodje; Treinador – Bubista. 

A equipa do Falcões do Norte com: 1- Jeovany (GR); 3- Fabrício; 4- Dady; 17- Djay 

(cap.); 15- Dubá; 6- Fady; 16- Café; 8- Tchuny; 2- Pecky; 7- Stipay; 14- Djulay, com os suplentes: 12- Duca (GR); 5- Rafi; 14- Romeno; 11- Vitú; 13- Papai; 10- Kelton; 9- Maiuca; Treinador- Válter (Nhá Cabra).

Resultados jornada 10:

Académica 4-1 Falcões do Norte

Mindelense 0-0 Ribeira Bote

Farense 2-2 Derby

Salamansa 2-1 Batuque

Classificação jornada 10:

1- Académica 23 pontos, 2- Mindelense 22 pontos; 3- Batuque 14 pontos; 4- Derby 14 pontos; 5- Farense 12 pontos; 6- Salamansa 10 pontos; 7- Falcões do Norte 7 pontos; 8- Ribeira Bote 6 pontos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.