Filme cabo-verdiano “Zenaida” no festival de Cannes 2017

31/03/2017 08:26 - Modificado em 31/03/2017 08:26
| Comentários fechados em Filme cabo-verdiano “Zenaida” no festival de Cannes 2017

O filme cabo-verdiano “Zenaida” vai ser exibido no dia 7 de Abril no Festival Internacional do Filme Pan-africano em Cannes 2017. Esta longa-metragem que conta com a co-produção da produtora mindelense Crioula Produções continua a fazer carreira no circuito internacional. Em Maio do ano passado, “Zenaida” foi nomeado para a categoria de prémios de longa-metragem do Festival de Cinema Itinerante de Língua Portuguesa. FESTinO Filme, realizado por Alexis Tsafas e Yannis Fotou, vai concorrer com outras 15 produções.

Vencedora, este ano, do prémio de melhor longa-metragem de ficção no Festival Internacional de Cinema da Praia, a película destaca-se como a única produção africana presente na competição de longas no FESTin. Em 2015, “Zenaida” e “Do outro lado do Atlântico” venceram o concurso na categoria de longa-metragem de melhor ficção e melhor documentário na segunda edição do Festival Internacional de Cinema – Plateau.

O filme foca um grande problema social da actualidade: o tráfico de jovens que são levadas dos países pobres para se prostituírem na Europa. Segundo Alexis Tsafas, a intenção foi a de “gravar um filme para chamar a atenção das meninas sobre os perigos que podem enfrentar no velho continente e sensibilizar a sociedade sobre o drama das vítimas”.

“Zenaida” é uma jovem de 18 anos, vítima do tráfico de seres humanos, que está presa numa cidade europeia, sem passaporte e forçada pelos “donos” a trabalhar como prostituta. Uma vida reduzida a uma patética rotina em contraste com noites onde reinam alucinações induzidas por drogas que a transportam numa fuga ao presente, de volta à pobreza e aos anteriores pesadelos da sua vida.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.