Chã das Caldeiras aquece Parlamento

30/03/2017 05:16 - Modificado em 30/03/2017 05:16
| Comentários fechados em Chã das Caldeiras aquece Parlamento

A questão de Chã das Caldeiras aqueceu a sessão do Parlamento nesta quarta-feira, depois da bancada do PAICV ter trazido a questão ao plenário, através de uma declaração política da deputada Eva Ortet. A mesma questionou o Governo sobre o andamento dos projectos e as medidas que o Governo tem pautado na resolução dos problemas de Chã das Caldeiras. A deputada Eva Ortet, eleita pelo círculo eleitoral do Fogo em tom de acusação afirma que as famílias deslocadas deixaram de receber ajudas “sem se terem criado novas fontes de rendimento” para estas famílias.

A deputada do PAICV encontrou eco no seu colega de bancada, Júlio Correia, que questionou o Governo em relação ao andamento dos projectos para a população de Chã das Caldeiras. “Onde estão os projectos? Não se pode reduzir a questão do novo assentamento à questão da destruição das casas. Foram duas aldeias e onde está o projecto de reordenamento de Chã das Caldeiras, as tais construções modelares?”. Estas e outras questões para saber como anda a resolução da questão de Chã das Caldeiras.

Filipe Santos, do MpD, defendeu a postura do Governo na resolução dos problemas e volta a questão para o anterior governo, sobre o pressuposto desvio de fundos de campanha “Djar Fogo na Coração”. O deputado afirma com o montante poderia reabilitar casas e ajudar famílias a iniciarem actividades para o auto-rendimento. O deputado do PAICV, Rui Semedo, neste particular, diz que “viu que não se estava a investir o dinheiro e solicitou o recurso para investir em objectivos propostos, como escolas e jardins” e diz que o montante encontrava-se na conta e, no entanto, não foi desviado.

Elísio Freire, Ministro dos Assuntos Parlamentares, tentou acalmar os ânimos sublinhando que o Governo vai trabalhar com a população com tranquilidade e transparência para resolver os problemas. “As obras serão concluídas e tudo o que prometemos será realizado, e mais ainda, temos um plano de reordenamento para Chã das Caldeiras, um plano bem pensando e articulado”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.