CMSV está a cumprir o Código das Posturas em relação as “roulottes”

30/03/2017 04:58 - Modificado em 30/03/2017 04:58

Câmara Municipal de São Vicente (CMSV) refuta que está a promover o desemprego com a remoção das “roulottes” das ruas, uma vez que somente quer que estejam funcionais e que possam deslocar-se após a actividade para uma garagem ou estaleiro.

O vereador do pelouro de Fiscalização, José Carlos da Luz, assegura que a CMSV é promotora do autoemprego e do empreendedorismo, assim refuta as acusações do PAICV que a instituição esteja a fazer ao contrário, mas sim a cumprir as normas vigentes no Código de Posturas Municipais.

“A câmara não está a extinguir postos de trabalho, tão-só quer que os proprietários arranjem esses veículos para a sua deslocação diária após a actividade para uma garagem ou estaleiro” adianta José Carlos da Luz que garante um encontro com os proprietários das lanchonetes em busca de “solução conjunta” para que possam retomar as suas actividades, mas “sempre em observância das normas.

O vereador em entrevista à Inforpress esclarece que autarquia tomou a decisão por constatar que a maioria dos veículos atrelados que dedicam-se à venda de produtos de snack-bar, estão estáticos e abandonados na via pública, o que constitui uma infracção ao Código de Posturas Municipais e por “trata-se de um carro que se desloca a motor ou então à reboque e que não pode ser confundido nem com quiosque, nem com lote de terreno”, acrescenta o responsável.

Por outro lado, o vereador ainda relembra que muitas estão em “péssimas condições de higiene, o que não se coaduna com a actividade de venda de produtos comestíveis e também a sua transformação em botequins para venda e consumo do álcool”. Desta forma não é possível a manutenção de uma cidade que se quer mais limpa e organizada sem o esforço de todos, afirma o vereador. Este explica que “os aspectos fundamentais para o funcionamento das roulottes é a sua permanência num determinado local apenas durante o período da venda. Assim evitam-se situações de degradação e abandono em que muitas delas se encontram”.

  1. Praça Nova

    Muito bem Sr.Vereador e então porque ainda se encontra estático o roulotte branco que se encontra à frente da Praça Nova e que ainda por cima, é permitido que este abra o balcão para o lado da estrada , pondo em perigo todos aqueles que o frequentam, pois ficam a mercê dos automobilistas que circulam nessa via.

  2. Julio Goto

    …para quando o melhoramento dos establecimentos localizados na Laginha.
    Nenhum deles tem uma casa de banho em condicoes.
    Parecece ser uns TCHADA.
    O Ote Level o Gabilandia Ficam de fora nunca entrei nelas para urinar .

  3. bia

    E o abuso da pizza ao lado do clube nautico, é uma roulotte com cimento nas rodas, mesas na chão e teto, ela occupa mais do que a metade de um espaço público, será que a lei não é a mesma para todos ??

  4. Ôi vive ne melôm

    Ahm então existe esse tal código de posturas! Bom se existe então tem de ser aplicado na íntegra e não só naquilo que vos faz mais jeito ou seja receber impostos que não se sabe aonde sao aplicados….claro para além das “kechadas de gôht tatanha”

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.