HBS: Arranque das obras de expansão marcadas para 2017

23/03/2017 08:21 - Modificado em 23/03/2017 08:21
| Comentários fechados em HBS: Arranque das obras de expansão marcadas para 2017

A Câmara Municipal de São Vicente (CMSV) realiza uma permuta de terrenos para a realização das obras de expansão do Hospital Baptista de Sousa (HBS). Com protocolo assinado, o Presidente Augusto Neves afirma que este acordo visa a melhorar as condições hospitalares e os cuidados de saúde na ilha.

A expansão do HBS contemplada no “masterplan” conta com um financiamento do Fundo do Kuwait, no montante de 265 mil contos, que estava comprometido devido à falta de terreno, mas o edil de São Vicente resolveu a questão com uma troca de terrenos, visto que o processo envolve terrenos privados e, por isso, a CMSV assinou um protocolo de permuta com o empresário Fonseca e Santos, proprietário do espaço conhecido por “Baskett”, adjacente ao Hospital Velho. Em troca, a edilidade cede a Fonseca e Santos, terrenos anexos aos campos de jogo da Academia Carlos Alhinho, de acordo com a RCV.

O edil assegura que é a forma da CMSV contribuir para a melhoria das condições de saúde dos são-vicentinos. O Ministro da Saúde, por sua vez, agradece a colaboração da Câmara pela doação dos terrenos ao Ministério da Saúde para viabilizar a expansão do HBS e classifica como “histórico” o compromisso alcançado entre o Governo, a Câmara de São Vicente e um privado na permuta de bens imóveis para a expansão (HBS). Assim, o arranque das obras deve acontecer ainda em 2017.

O “masterplan” para o desenvolvimento do HBS prevê a construção de uma nova central de consultas e de outros serviço para o hospital, com impacte directo na redução dos tempos médios de espera para consultas de especialidade e cirurgias, internamento e dias de internamento, nomeadamente, serviços ambulatórios, cirurgias ambulatórias, exames e procedimentos de diferentes especialidades e hospital dia de oncologia, entre outras possibilidades. Também está prevista a reestruturação do bloco materno-infantil, bloco cirúrgico, centro radiológico, banco de urgências, cuidados intensivos e realojamento dos serviços administrativos com melhores condições de espaço para o desenvolvimento das respectivas competências, lê-se na Inforpress.

Na ocasião, o Presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves, destacou o acordo como “um ganho para a população” de São Vicente e da Região do Barlavento e que vai ao encontro da preocupação da Câmara com a melhoria da qualidade de vida dos são-vicentinos.

O protocolo foi assinado durante a cerimónia de abertura do encontro de reflexão sobre a situação sanitária e perspectivas para a melhoria dos cuidados de saúde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.