Micadinaia Fest, uma escolha para a reabertura do CCM

20/03/2017 08:40 - Modificado em 20/03/2017 08:40
| Comentários fechados em Micadinaia Fest, uma escolha para a reabertura do CCM

Micadinaia Fest, um dia de poesia, no dia 21, terça-feira, que simboliza a reabertura do Centro Cultural do Mindelo.

O Ministério da Cultura e Indústrias Criativas quer trazer um “novo olhar contemporâneo e uma nova bandeira: a cultura como necessidade básica” nesta reabertura.

António Tavares, em nome da nova direcção, diz que a Micadinaia Fest enquadra-se na nova visão programática do CCM que propõe uma abordagem/instalação assente nas três portas frontais do centro e, assim, rasgar as três existências, passado, presente e futuro, e franquear a “grande relação” que se quer com o mundo, explica numa nota de imprensa à comunicação social.

De acordo com o mesmo, citado pela Inforpress, deseja-se que essa relação se faça de fora para dentro do CCM, de forma simbólica, de modo a marcar uma “nova filosofia” de organização de eventos no centro que, a partir deste momento, passa a dedicar-se às três áreas das artes performativas, ou seja poesia, dança e teatro, com uma “nova programação” no espaço.

O nome Micadinaia, explica Tavares, advém da comemoração do Dia Mundial do Teatro em São Vicente, ser um sonho antigo do poeta e escritor cabo-verdiano João Manuel Varela, conhecido também por João Vario que publicou entre outros, o livro Micadinaia, nome com que carinhosamente designava Mindelo, sua cidade natal.

O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, deve marcar presença no acto previsto para as 15:00 de terça-feira, 21, e conhecer as propostas da nova direcção do CCM que quer um espaço “com memória” e aberto para “novas propostas do advir”.

Trata-se, com efeito, de um projecto desenhado “a pensar no crescimento das dinâmicas” dos espaços culturais na ilha e, ao mesmo tempo, enquadrado numa nova política cultural.

“Com uma direcção artística e uma programação versadas para as Artes Performativas, visa alavancar e conectar o centro e a ilha com o universo criativo, com o nível de qualidade que actualmente prolifera pelas cidades do mundo”, lê-se na nota dirigida à imprensa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.