Farense trava Micá e Mindelense sobe ao ao primeiro lugar

20/03/2017 08:21 - Modificado em 20/03/2017 08:21
| Comentários fechados em Farense trava Micá e Mindelense sobe ao ao primeiro lugar

Ao fim de nove jogos, a Académica perde a liderança para o Mindelense, isto após o empate a uma bola frente ao Farense e a vitória do Mindelense por cinco bolas a zero frente ao Salamansa.

A líder Académica entrou primeiro em campo frente à sensação do campeonato, o Farense, e não teve discernimento necessário para ultrapassar as dificuldades encontradas pela frente. Até foi a equipa do Farense que abriu o marcador quando estavam decorridos apenas cinquenta segundos de jogo por intermédio de Dudu. Num lance em que os homens da Micá foram apanhados completamente de surpresa e facilitaram muito.

Ao cair do pano da primeira parte, Gito estabeleceu o empate no marcador aproveitando-se de uma jogada de contra-ataque rápida. Na segunda parte, a Micá não teve capacidade suficiente para inverter o rumo dos acontecimentos e acabou mesmo por perder dois preciosos pontos para o Mindelense.

O Mindelense entrou no segundo jogo já sabendo do resultado do seu rival directo e não tremeu. Logo aos dezassete minutos de jogo, o inevitável Papalelé abriu o marcador de cabeça num grande lance protagonizado pelo lateral direito Vinha. Aos vinte e nove minutos, Larry aumentou a vantagem para dois golos, aproveitando a muita passividade da defensiva do Salamansa.

A abrir a segunda parte, DjimKelly ampliou a vantagem para três golos após canto de Larry. Em cima da hora de jogo, Day bisou na partida, desta feita aproveitando o erro do guarda-redes do Salamansa Bruno que rematou contra o ala direito do Mindelense e a bola, caprichosamente, foi parar ao fundo da rede do Salamansa. Quando faltavam apenas dez minutos para o término do jogo, o ponta-de-lança recém-entrado em campo, Djony, completou a “Manita”, contando mais uma vez com a passividade defensiva do Salamansa. Com este resultado, o Mindelense consegue chegar ao primeiro lugar da classificação pela primeira vez esta temporada.

O Derby continua no seu calvário e, desta feita, foram o Falcões do Norte os carrascos dos comandados de Yoya. O Falcões do Norte venceram por três bolas a uma e ultrapassaram o Ribeira Bote na tabela e já levam duas vitórias consecutivas. O camisola 10 Duck abriu o marcador para o Derby, à passagem do minuto trinta e cinco da primeira parte. O Falcões empatou passados cinco minutos por intermédio do homem do jogo Café.

Aos sessenta e nove minutos da segunda parte, Café apareceu de novo para confirmar a remontada no marcador. À entrada para os últimos dez minutos de jogo, Davy do Derby foi expulso por acumulação de cartões amarelos e, passados dois minutos, Papay marcou o terceiro golo para o Falcões do Norte. Com este resultado, o Derby já vai no sexto jogo consecutivo sem vencer, amealhando quatro empates e duas derrotas e foram ultrapassados pelo Batuque.

Já o Batuque venceu à tangente o Ribeira Bote por uma bola a zero e chegou ao terceiro lugar da tabela classificativa com catorze pontos. Enquanto que o Ribeira Bote caiu para o último lugar da tabela com cinco pontos. O único golo do jogo foi apontado por Kevin logo aos sete minutos de jogo.

Classificação nona jornada:

1- Mindelense 21 pontos; 2- Académica 20 pontos; 3- Batuque 14 pontos; 4- Derby 13 pontos; 5- Farense 11 pontos; 6- Salamansa 7 pontos; 7- Falcões do Norte 7 pontos; 8- Ribeira Bote 5 pontos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.