JMN: “voltaria a criar o Novo Banco”

16/03/2017 07:26 - Modificado em 16/03/2017 07:26

O ex-Primeiro-Ministro  José Maria Neves disse que voltaria a criar o Novo Banco e que, no contexto actual, optaria pela recapitalização, não cedendo à “tentação fácil” da liquidação e à “imputação demagógica das responsabilidades”. 

 

“Hoje, com a minha experiência e os dados disponíveis, faria o mesmo. Criaria o Novo Banco, limando, obviamente, as arestas e corrigindo alguns erros. Optaria, pois, pela recentragem do banco, pela sua recapitalização, protegendo os postos de trabalho e garantindo oportunidades de financiamento para micro e pequenas empresas e para os excluídos do sistema”, disse José Maria Neves. 

Numa extensa publicação com o título “Prisma” na sua página pessoal na rede social Facebook, José Maria Neves quebra o silêncio político de quase um ano para criticar a opção do Banco Central de Cabo Verde, apoiada pelo actual executivo do Movimento para a Democracia (MpD), de resolução do Novo Banco.

O Banco Central Cabo-Verdiano (BCV) anunciou na quarta-feira a resolução e venda à Caixa Económica de Cabo Verde de parte da actividade do Novo Banco, uma instituição de capitais quase exclusivamente públicos, com cerca de 13.200 depositantes e vocacionados para a economia social e o microcrédito, criada durante os governos de José Maria Neves.

  1. Jose Fortes

    O senhor Jose maria Neves pecou e feio por ter criado o N ovo banco e ter permitido que o INPS fosse um dos acionistas desta instituição financeira. e como vai ficar a reforma dos netos desse senhor Jose maria Neves se o INPS entrar em colapso?

  2. josé CARLOS

    Este senhor devia estar na cadeia. Brincar com o dinheiro dos contribuintes. Abriria novamente o NB mas com dinheiro dele (se é que o dinheiro dele é dele) e não dos contribuinte. Ele fez muitas asneiras que um jornal inteiro era pouco para escrever.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.