Coliseu em delírio canta todas as músicas de Djodje

13/03/2017 08:33 - Modificado em 13/03/2017 08:33
| Comentários fechados em Coliseu em delírio canta todas as músicas de Djodje

Músico cabo-verdiano de 28 anos, com três álbuns gravados e a caminho do quarto, estreou-se em grande no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, este sábado à noite.

Djodje não desiludiu. E o público também não. Cantou com ele todas as músicas. Do princípio ao fim. O cantor cabo-verdiano de 28 anos, um dos nomes do momento no que à kizomba diz respeito, estreou-se em grande este sábado à noite no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

Após o aquecimento feito por Josslyn, também ela natural de Cabo Verde, Djodje entrou em palco com “Vai Embora”, tema do seu terceiro álbum, “Feedback”.

Seguiram-se “Close your Eyes”, tema do segundo trabalho, “Check-In”, bem como “Namora Comigo”, um dos singles do quarto álbum que Djodje pretende lançar até ao verão.

Cantor, músico de vários instrumentos, da guitarra à bateria, produtor e cofundador da Broda Music, Djodje leva já mais de 15 anos de carreira apesar de só ter 28. Nesta sua estreia no Coliseu contou com um vasto leque de convidados de renome na área, como Ferro Gaita, Nelson Freitas, Mika Mendes, Dynamo, Loony Johnson ou Ricky Boy.

“A primeira vez que pisei este palco foi num concerto dele e hoje tenho a honra de tê-lo no meu concerto”, disse Djodje sobre Nelson Freitas, músico holandês de origem cabo-verdiana, que em outubro do ano passado atuou no Campo Pequeno em Lisboa.

Entre aplausos, assobios, smartphones que filmam e fotografam às centenas, Djodje cantou para um Coliseu esgotado ainda temas como “Txukinha” ou “Beijam”, este último mais um dos singles do seu novo trabalho ainda por lançar.

Após apresentar a banda, onde se destacou o guitarrista Dodas Spencer, o músico cabo-verdiano despediu-se. Mas o público, em delírio, não arredou pé. Num sentimento de isto não acaba aqui. E Djodje lá voltou. Mais convidados. E bailarinos. E encerrou a festa com um bis de “La Ki Nos É Bom”, single do novo álbum que pôs toda a gente a pular no Coliseu.

dn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.