“A força da mulher é essencial para o desenvolvimento de um mundo melhor” – Lígia Fonseca

9/03/2017 08:20 - Modificado em 9/03/2017 08:20
| Comentários fechados em “A força da mulher é essencial para o desenvolvimento de um mundo melhor” – Lígia Fonseca

No âmbito do Dia Internacional da Mulher, a Primeira-dama Lígia Fonseca que se encontra de visita à ilha de São Vicente, defendeu no programa Opinião Pública emitido pela RCV, que “a força da mulher é essencial para o desenvolvimento de um mundo melhor”.

Apesar de vários anos de luta, greves por melhores condições de trabalho e igualdade de direitos trabalhistas para as mulheres, a Organização das Nações Unidas só passou a celebrar o 08 de Março Dia Internacional da Mulher em 1975 em homenagem ao movimento pelos direitos das mulheres e como forma de obter apoio internacional para a luta em favor do direito de voto para as mulheres.

A mulher conseguiu dar largos passos para o seu empoderamento, contudo, apesar dos anos, há muito ainda por fazer para que a mulher consiga em pleno os seus direitos de igualdade. Segundo a Primeira-dama Lígia Fonseca, é preciso reafirmar todos os dias a condição de mulher, pois “a força da mulher é essencial para o desenvolvimento de um mundo melhor”.

E reafirma as palavras do Presidente da República que disse que “a mulher cabo-verdiana tem levado o país nos seus ombros” o que mostra a importância da mulher e a força que tem de ser aproveitada, segundo Lígia Fonseca.

A Primeira-dama defende um maior empoderamento económico da mulher, uma vez que a mesma está sempre sobrecarregada com o trabalho formal e informal. Por isso, acredita ser “necessário que se olhem para estas questões e se criem condições”.

Despertar o interesse dos jovens para estas questões tem sido uma das preocupações de Lígia Fonseca que ressalta que “a igualdade e equidade de género não são palavrões mas sim posturas que devemos adoptar desde criança para o desenvolvimento dos homens e das mulheres”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.