AMSV debate actuação do executivo durante o ano de 2016 e início de 2017

8/03/2017 07:45 - Modificado em 8/03/2017 07:45
| Comentários fechados em AMSV debate actuação do executivo durante o ano de 2016 e início de 2017

A Assembleia Municipal convergiu dois pontos de discussão: apreciação de actividades entre sessões e o relatório de actividades da Câmara Municipal, num único debate, justificado pelo facto dos dois temas serem semelhantes. Neste aspecto, as bancadas divergem sobre a actuação da Câmara.

 

Para Augusto Neves, Presidente da CMSV, a realização foi satisfatória. “Tivemos muitas realizações. Pesa o facto de 2016 ter sido um ano de eleições, mas demonstrámos que somos uma Câmara que trabalha a bem da população e pela melhoria das condições de vida”. A perspectiva do Presidente é fazer da ilha um lugar onde os visitantes e os residentes se sintam bem, fazendo com que São Vicente “seja um grande destino para todos os que vivem e que visitam”.

O executivo encontra eco na bancada do MpD. O seu líder, Emanuel Miranda, faz uma avaliação positiva da actuação da Câmara. “A Câmara conseguiu apresentar realizações durante o ano de 2016, um ano difícil com três eleições em que estava envolvida como autoridade local. E, mesmo assim, conseguiu fazer muitas realizações”.

Já para o PAICV, a observação é que “as realizações são realizações de carácter corrente, absolutamente normais no funcionamento de uma Câmara”, conforme o seu líder de bancada, Baltasar Ramos. A bancada lamenta que não se tenha verificado uma alteração nos resultados e que continua a não haver inovação no domínio das actividades realizadas pela edilidade. “As realizações são mais de manutenção e não há alteração de nível de execução que possa projectar São Vicente a outros patamares”.

A UCID critica o formato de apresentação do relatório e, neste sentido, o sentimento é que falta algo na descrição feita pelo executivo sobre a realização das actividades e, neste sentido, espera um modelo que reflicta tudo o que for realizado, ou não, durante o ano. Exige ainda respostas concretas por parte do executivo quando for questionado sobre temas que dizem respeito aos relatórios.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.