Modelo da Playboy retida no aeroporto por suspeita de ser uma espia

6/03/2017 10:06 - Modificado em 6/03/2017 10:06
| Comentários fechados em Modelo da Playboy retida no aeroporto por suspeita de ser uma espia

Victoria Bonya, uma antiga modelo russa da Playboy, revelou que foi retida por algum tempo no aeroporto de Los Angeles, EUA, por suspeitas de ser uma espia da Federação Russa.

Bonya revelou nas redes sociais que os agentes de fronteira no aeroporto norte-americano lhe revistaram as malas e encontraram um cartão-de-visita de uma empresa que produz microcâmaras.

A partir daí, a modelo foi questionada sobre o presidente russo, Vladimir Putin, sobre os serviços secretos da ex-União Soviética, o KGB, e diretamente sobre se seria uma agente estrangeira a tentar entrar nos EUA.

“Pensei realmente que ia ser presa ou que me iriam deportar. Em vez de me fazerem perguntas a sério, começaram a falar do KGB”, revelou Victoria, que vive no Mónaco.

A situação terminou quando a modelo mostrou as suas contas nas redes sociais aos agentes.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.