Mandingas no Carnaval Boliviano

6/03/2017 07:04 - Modificado em 6/03/2017 07:04

No sábado, 4 de Março, pelas 19 horas, cabo-verdianos, bolivianos e brasileiros, entre outros, vestiram-se pela segunda vez como mandingas no Carnaval Boliviano fazendo um percurso de 5 km.

O Carnaval “Corso de Corsos” tem as suas origens no antigo Carnaval introduzido pelos espanhóis. É uma das festas mais populares, democráticas e participantes do País.

Tudo começou em 2013 quando a comunidade estudantil cabo-verdiana na Bolívia, tomou a iniciativa de mostrar uma das nossas culturas carnavalescas, o Mandinga, no Carnaval Boliviano. O público ficou cativado pela música e pela expressividade da dança e resolveu sair pela segunda vez este ano.

De acordo com o organizador desse Carnaval, Peki Rodrigues, cabo-verdiano, o objectivo de levar o mandinga para o povo boliviano foi uma forma de mostrar a cultura do Carnaval do nosso País.

“Foi uma forma de divulgar a nossa cultura cabo-verdiana aqui na Bolívia e esperamos que todos em Cabo Verde fiquem contentes com esta iniciativa”, considera Peki Rodrigues.

 Pablo, boliviano, diz ter participado no Carnaval dos cabo-verdianos na Bolívia por considerar a dança muito bonita e atraente.

 Patrícia Gomes, cabo-verdiana, afirma que participou como mandinga para conviver e mostrar a nossa cultura, a forma como fazemos o nosso Carnaval, trazendo um pedacinho da nossa origem africana ao povo boliviano.

Por seu lado, Mustafã, africano do Togo, diz que é uma forma de se reunir com o povo africano e mostrar parte das nossas raízes aos diferentes povos.

De uma forma geral, bolivianos, brasileiros, mexicanos, entre outros, dizem tratar-se de uma experiência única e bonita de se comemorar no Carnaval.

  1. Registar a patente rapidamente antes que os Angolanos roubem a ideia assim como roubaram o Cabozouk ou Cabolove e transformaram no que que chamam de Kizomba.

    Rápido, rápido, antes que o Zé Du roube a criação.
    Da Guiné-Bissau não se preocupem. Esses são muito lestos e só se mexem quando a bianda falha.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.