Vindos do Oriente : Ganhou o campeão da perfeição num desfile perfeito

1/03/2017 16:17 - Modificado em 1/03/2017 16:17
| Comentários fechados em Vindos do Oriente : Ganhou o campeão da perfeição num desfile perfeito

Vindos do Oriente conseguiu recuperar o titulo de campeão do carnaval de São Vicente ao sagrar-se campeão com 693 pontos, três pontos  mais que o segundo classificado Monte Sossego. Os Cruzeiros do Norte ficaram no terceiro lugar e em quarto Flores do Mindelo.

Vindos do Oriente e Monte Sossego tem ocupado as primeiras posições nos últimos carnavais com uma troca de vencedores nos últimos quatro anos. Brincar o carnaval, trazer um trabalho de qualidade, ou mesmo com muito esforço por algo bonito na rua, estão na lista de objetivos dos grupos.

A satisfação maior vai para o Vindos do Oriente pela prémio conseguido. Emanuel Dantas, delegado do Vindo do Oriente, não esconde a satisfação no prémio conseguido. “Foi uma satisfação enorme e focamos em nós,  o objetivo era nós mesmo e também apresentar um trabalho de qualidade como sempre”. O delegado diz que este ano o grupo dedicou-se muito no trabalho, pois   qualquer grupo que entra na avenida é para vencer. “Conseguimos o nosso objetivo, além da nossa qualidade que queríamos demostrar ao povo de São Vicente “

Do outro lado o vencedor do ano passado, que este ano ficou em segundo lugar, Monte Sossego, e para Patcha, presidente do grupo, o sentimento é  que foram “os vencedores do carnaval”. Para Patcha o desfile do ano passado foi memorável, e que o grupo tem trazido enredos que emociona as pessoas, que cria uma empatia, “este ano não foi diferente”.

“Era expetável que venceríamos o carnaval, mas o júri achou diferente. Não é isso que vai remover da nossa missão. Não tenho dúvida e vamos voltar com mais força, e ainda estamos a aprender a fazer carnaval. Ainda não atingimos o que queremos atingir no carnaval e temos investido muito, infelizmente o júri é o júri que temos”. Apear de não ter conseguido o primeiro lugar mas empatia, que afirma ter conseguido com o público, “é uma grande satisfação para servir de estímulo para continuar a trabalhar para esta ilha e para o carnaval de São Vicente.

Os Cruzeiros do Norte ficou de novo no terceiro lugar . Os desafios de conseguir fazer um desfile de qualidade,e o trabalho que fizeram, deixa uma certa   satisfação no grupo. Fatinha do Rosário lamenta “uma falta de organização”, quando diz que tinha carros parados na estrada e que foram as pessoas que os  foram retirar.

“As pessoas não sabem o que passamos, estamos bem e fizemos um bom trabalho, continuamos a dar o máximo para fazer cada vez melhor. E com mais apoios  , mais pessoas e mais empenho conseguiremos fazer muito melhor”. E entoa a letra da música do grupo “nem stibot, nem quebrot” (com muito ou com pouco) “não deixaremos de brincar o carnaval”.

Flores do Minde repetiram a quarta  posição dos últimos anos. E para Ana Delgado, presidente do grupo, a classificação do grupo foi normal. E o objectivo foi conseguido ao  colocar o grupo a desfilar nas ruas. “O ano que vem com mais consideração, mais apoios, para vir com mais força”, é a expetativa da presidente.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.