Moradores de “Petcheco” acusam agente da PN de ter açoitado um jovem que acabaria por morrer

28/02/2017 15:44 - Modificado em 28/02/2017 15:44
| Comentários fechados em Moradores de “Petcheco” acusam agente da PN de ter açoitado um jovem que acabaria por morrer

O jovem Helder conhecido por “Ababa” de 20 anos terá sido espancado até a morte. A agressão ,segundo os vizinhos , terá acontecido no passado domingo, dia 26, na residência do agente da PN , conhecido por  “Manu” que deteve o jovem e conduziu a Esquadra. Após a sua detenção, “Ababa” foi levado ao Hospital Agostinho Neto, mas devido a agressividade das pancadas, o jovem não resistiu e acabou por falecer ainda sem dar entrada na unidade hospitalar.

A morte do jovem trouxe revolta no seio dos moradores de “Petcheco” que afirmam desconhecer o passado da vítima.Conforme conta Milu, tudo terá acontecido na sequência de um jogo de futebol, quando a vítima resolveu ir beber água na residência do agente policial conhecido por “Manu”. Por motivos ainda desconhecidos, o jovem foi espancado brutalmente pelo Policial que de seguida deteve o jovem e conduzi-o a Esquadra de Combate e Investigação Criminal em Achada Santo António.

Conta ainda a vizinha que após a agressão e do jovem ter sido detido, agentes da polícia deslocaram-se  a residência da vítima para solicitar bilhete de identificação onde foi abordada por um desses agentes que informam que o jovem teria sido detido e que encontrava na esquadra.

“Perguntei se o jovem teria agido fora da lei, o agente garantiu que desta vez não, mas não adiantou as razoes da detenção e na segunda de manha tive a informação que o mesmo morreu ”.

 Agentes da Polícia Nacional confirmaram a morte do jovem devido a agressão física, mas adiantaram que o caso encontra se sob investigação.

Helder tinha 20 anos e era natural de Salina, interior de Santiago, mas residia há algum tempo na zona de “Petcheco”, na cidade da Praia. O corpo encontra se no Hospital Agostinho Neto onde aguarda pela autopsia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.