Papalélé: O miúdo que lidera a lista de melhores marcadores do Campeonato Regional

28/02/2017 07:53 - Modificado em 28/02/2017 07:53

Hélio Silva ou simplesmente Papalélé como é conhecido, tem 18 anos de idade e representa as cores do Mindelense. O jovem prodígio camisola 10 dos bicampeões regionais e tetracampeões nacionais vive momentos de glória na sua primeira época como sénior onde já leva três golos apontados em 5 jogos, liderando assim o ranking da lista de melhores marcadores do regional de futebol.

O Mindelense, clube que representa, está no segundo lugar da tabela a par do Derby com 12 pontos e, no fecho da primeira volta, ambos têm um jogo a menos. Papalélé divide a lista com outros atletas mas o facto é que é o número um da lista oficial no ranking dos melhores marcadores.

O jovem jogador de quase um metro e meio de altura começou o seu percurso nos juniores do Batuque onde foi bicampeão, passando para a geração Benfica onde também foi campeão. Em seguida, ingressou no Mindelense onde também foi campeão, regressando para os juniores do Batuque onde, na época passada, foi campeão e melhor marcador da prova com 12 golos em 8 jogos disputados. Devido à trajectória brilhante e pela veia goleadora apresentada no seu currículo, mereceu esta época uma oportunidade na equipa principal do Mindelense e, até ao momento, tem-se revelado numa aposta ganha por Rui Alberto Leite na frente do ataque.

Papalélé em entrevista a este online, diz sentir-se muito feliz e satisfeito pelos golos apontados até ao momento e também por ser líder no ranking dos melhores marcadores do campeonato mas, sobretudo, a seu ver, por estar a representar a “melhor equipa de Cabo Verde”.

O avançado revela que no início da época sentiu muita pressão porque estava representando a “melhor equipa de Cabo Verde”. “O medo de errar era grande, mas depois, pela força que tive por parte da direcção, da equipa técnica e dos meus colegas de equipa, comecei a sentir-me em casa e, neste momento, não tenho sentido mais essa pressão. Os golos apontados até ao momento foram graças ao trabalho da equipa e sem eles não os teria conseguido. Confesso que estou muito surpreendido comigo mesmo”, atira Papalélé.

O camisola 10 dos Leões da Rua de Praia afirma que sempre acreditou no seu potencial e que, desde cedo, soube que se aparecesse uma oportunidade iria agarrá-la da mesma forma que fez até ao momento por onde já passou e aponta que jogar no Mindelense é um sonho realizado.

Papalélé que já efectuou cinco jogos esta época no Campeonato Regional, três como titular e dois como suplente utilizado, aponta como principal objectivo para esta época ganhar troféus pelo Mindelense tais como o Campeonato Regional e o Nacional de Futebol. Mas também afirma que a partir do momento em que começou a marcar golos pensou logo em querer ganhar o prémio de melhor marcador. “Quero dar aos adeptos do Mindelense muitas alegrias”, salienta.

Para Papalélé todos os jogos, a partir deste momento, vão ser de grau de dificuldade mais elevada mas, como diz, “vamos jogar todos os jogos como se fossem finais”.

 

  1. CidadaoCV

    Mas, … isto não é notícia! Noticia seria, se em 5 jogos tivesse marcado 15 golos! Agora, 3 golos em 5 jogos?….

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.