Houve violência física e psicológica dentro da sede da CRASDT, mas nunca foi ordenado pelo Sr. Inácio Cunha

24/02/2017 08:12 - Modificado em 24/02/2017 08:53
| Comentários fechados em Houve violência física e psicológica dentro da sede da CRASDT, mas nunca foi ordenado pelo Sr. Inácio Cunha

O Episódio seguinte começa a falar dos primeiros 8 pontos da Queixa Principal do processo “CRASDT I”, feita pelos queixosos Elsa Brito Morais, Samuel Morais, Carlos Brito, Eydira Morais Brito, João José Brito e Ramila Rodrigues de Pina, contra o Sr. Inácio Cunha.

Nesses primeiros 8 pontos, acusam-no de ter ordenado “torturas” no seio da CRASDT, usando para isso o Titi e o Branco, e que como tal muitos jovens da Igreja passaram muitíssimo mal. E ao longo do episódio, vamos esmiuçando o que foi dito nesses 8 pontos da queixa e depois na Procuradoria, em declarações, pelos queixosos e testemunhas principais. 

Realmente se praticou violência física e psicológica dentro da sede da CRASDT, mas nunca foi ordenado pelo Sr. Inácio Cunha, que até foi uma das vítimas dessa violência. Mas “torturas”, nos termos em que a lei prevê, isso nunca.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.