Solpontense vence Taça de Santo Antão em voleibol feminino

23/02/2017 08:30 - Modificado em 23/02/2017 08:30
| Comentários fechados em Solpontense vence Taça de Santo Antão em voleibol feminino

O jogo da final da Taça de Santo Antão em voleibol feminino deste ano foi disputado pelo Solpontense e pelo Paulense, na terça-feira, 21, no Paul, em que o Solpontense venceu por três set a um.

Para chegar à final de terça-feira no Paul, o Solpontense eliminou nas meias-finais a formação do Gira Volley do Paul, enquanto que a equipa do Paulense eliminou o Puva de Povoação de Ribeira Grande. O Solpontense venceu o primeiro set por 25-19. No segundo set, o Paulense não deu hipóteses, acabando por vencer por expressivos 25-11. No terceiro set, o Solpontense retomou a liderança do jogo e venceu por 25-18 e, no último set, a formação de Ponta do Sol venceu por 25-21, e assim arrecadou o troféu em casa do Paulense.

O treinador da equipa vencedora, Rui Silva, destaca a vitória mas, acima de tudo, o trabalho que tem vindo a ser feito para colocar a equipa na rota dos títulos, visto que desde 2011 a equipa feminina do Solpontense não sabe qual é o sabor de vencer um título regional.

“Começámos a preparação para a Taça dentro do tempo previsto. A equipa tem vindo a mostrar muitas melhorias dentro do campo. O resultado foi de 3-1 mas houve momentos em que estivemos por baixo no jogo, mas acabamos por vencer. O saldo é positivo e a equipa correspondeu bem às expectativas durante toda a competição”, aponta.

Depois de conquistada a Taça de Santo Antão, o treinador do Solpontense diz que o objectivo, a partir de agora, passa pela conquista do título regional que há já muitos anos que foge e que arranca já neste fim-de-semana novamente frente ao Paulense. Desta feita, o jogo será disputado em Ponta do Sol.

“Não temos tido problemas neste momento, ou seja, fizemos uma equipa para atacar a conquista do título. Há já uns anos que o Solpontense não conseguia formar uma equipa como esta que temos agora”, afirma.

A aposta na formação é vista pelo treinador como sendo a chave do sucesso para o futuro próximo. “Claramente a aposta é na formação, porque há já alguns anos fazíamos este trabalho mas estivemos estagnados algum tempo devido a alguns problemas. No entanto, já o retomamos e o objectivo principal é a formação de novas atletas”, conclui.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.