Dery Lima sonha ser Rainha de Bateria Travestis

20/02/2017 08:32 - Modificado em 20/02/2017 08:32
| Comentários fechados em Dery Lima sonha ser Rainha de Bateria Travestis

Dery Lima, 26 anos de idade, desfila no Carnaval há mais de 7 anos por paixão ao Carnaval. Entretanto, já participou por dois anos consecutivos como mestre de sala no Grupo Flores do Mindelo, figura de destaque no Grupo Vindos do Oriente e no Samba Tropical como passista na Ala de “Palmaris”, sonha agora, ser Rainha de Bateria Travestis.

 

Tudo começou em 2009 quando Dery Lima trabalhava nos bastidores do Carnaval, contudo, graças ao seu talento pela dança e com o apoio dos amigos, começou a desfilar no Grupo Flores do Mindelo e no Samba Tropical. ”Desde sempre que gosto de dançar e de sambar, mas isso só foi possível graças aos meus amigos que me entusiasmaram para participar nos grupos de Carnaval e já lá vão 8 anos consecutivos”, considera Lima.

Depois de brilhar no Flores do Mindelo, Dery Lima há três anos saiu do Grupo tendo apostado no Vindos do Oriente onde diz que “apesar de agora pertencer ao Grupo Vindos do Oriente tenho muito amor ao Grupo Flores do Mindelo, pois é um grupo por que tenho muito carinho apesar de, neste momento, não estar lá em cima. Mas enfim, a vida é feita de perdas e de vitórias”, afirma.

Em relação às vitórias, Lima garante que até agora não ganhou nenhum título, mas que perante o público mindelense ele já é um grande vitorioso”. Durante dois anos consecutivos saí duas vez como mestre de sala no Grupo Flores do Mindelo onde perante os jurados não venci mas perante o público mindelense fui um vitorioso”, realça.

Em 2015, Lima realizou o sonho de ser “Asfalte todo nú com body paint”, contudo, ele ainda tem um outro sonho por realizar que é o de se vestir como uma “Rainha de Bateria Travestis”.

Conforme nos adiantou Dery Lima, este ano surgiu-lhe a oportunidade de sair como Rainha de Bateria no Grupo Vindos do Oriente mas não foi possível a realização do seu sonho.

“Devido à ausência de Josina Freitas, membro da comissão do grupo, não foi possível a realização do meu sonho de ser Rainha de Bateria Travestis”, explica Dery Lima.

De uma forma geral, Lima garante que a sua experiência no Carnaval tem sido positiva, inovadora e criativa em que todos os seus objectivos até agora sempre foram alcançados.

Por último, Lima deixa uma mensagem a toda a população mindelense: “Para todos os que gostam do Carnaval, peço que bebam com moderação para que respeitem cada grupo e figurantes, porque só assim conseguiremos ter um Carnaval melhor”, disse Lima.

Acrescenta ainda “um muito obrigado também a todos os artistas, ao Ministro da Cultura e a todos os grupos, porque todos contribuirão de uma forma ou de outra para o desenvolvimento da nossa cultura”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.