Karaté: São Vicente assegura o futuro com mais 21 cinturões negros

20/02/2017 07:20 - Modificado em 20/02/2017 08:23
| Comentários fechados em Karaté: São Vicente assegura o futuro com mais 21 cinturões negros

Os exames para cinturão negro no karaté decorreram este final de semana na escola de karaté Associação Wado Ryu, no Mindelo, com a presença de vinte e dois alunos, sendo que vinte e um fizeram o exame para o cinturão negro e um fez o exame da passagem do primeiro para o segundo Dan.

Os exames decorreram sob o supervisionamento de José António Brazão, Presidente Nacional da Mesa de Concelho de Exames de Dan, ele que também desempenha a função de treinador do seleccionador nacional.

Ao NN, José António Brazão aponta que “finalizámos um grande trabalho aqui em São Vicente, que é o trabalho de exames de Dan de praticantes de karaté da ilha. Tudo correu da melhor maneira, dentro da perspectiva que tinha, e saio daqui satisfeito porque, pela primeira vez em todo Cabo Verde, vi um número muito massivo de jovens da camada feminina nos exames para cinturão negro. Isto é de louvar as escolas de São Vicente, Senceis de São Vicente, que tiveram todo este grande trabalho e estamos todos felizes com estes já cinturões negros”.

O Presidente ficou também bastante satisfeito pela performance apresentada por Sacha Soares, jovem de apenas 14 anos de idade, e realça que é uma atleta bastante jovem e com um potencial muito grande e não tem dúvidas de que ela, juntamente com os demais, vai ser o futuro do karaté cabo-verdiano e que irão de certeza representar Cabo Verde internacionalmente.

“Vou daqui sinceramente muito satisfeito e feliz mesmo por ter visto muitas pessoas interessadas e pessoas que se dedicam à arte de uma forma muito viva e entrega efectiva e inclusivamente muito participativa, por parte das pessoas que participam de verdade na prática do karaté”, garante.

Como apreciador dos atletas para futuras convocatórias para representar Cabo Verde, diz que já fizeram participações a nível internacional com a participação de atletas de São Vicente e não seria a primeira vez. “Mas também tudo indica que é preciso mais trabalho. Todos têm de trabalhar mais, porque o karaté é uma arte que exige muito dos praticantes. Vou muito satisfeito do que vi aqui e isto não é só um trabalho de Senceis mas sim de todos nós que fazemos parte da Federação Nacional de Karaté de Cabo Verde”, assevera.

“Os resultados dos exames são bastante positivos, muito positivos mesmo. Senceis de São Vicente estão todos de parabéns não só pelo trabalho que apresentaram dos atletas que estiveram aqui hoje, mas também pelos seus empenhos e interesses no desenvolvimento do Karaté em São Vicente e não só, em todo Cabo Verde. A única coisa que lhes peço é mais entrega e cada vez mais motivação, porque há muita motivação mas é preciso haver mais, porque só com muita entrega e muita motivação é que o nosso karaté irá para a frente”, concluiu.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.