São Vicente: Pai preocupado pede ajuda para o filho menor

17/02/2017 08:13 - Modificado em 17/02/2017 08:13

João Silva, 45 anos de idade, natural da ilha de São Vicente, de Salamansa, está preocupado com a saúde do filho de cinco meses e apela por ajuda por parte da população, no sentido de ajudar o filho, uma vez que a mãe da criança não consegue produzir leite materno desde o nascimento do filho.

De momento, só o pai da criança é quem trabalha para o sustento da família, pois a mãe da criança, Iracema, não consegue trabalhar devido a uma depressão crónica.

João Silva, diz que a sua família tem vindo a passar por muitas dificuldades no dia-a-dia porque, para além do filho necessitar do leite especial para recém-nascidos, vivem em casa alugada.

“A minha companheira não pode trabalhar devido a uma depressão crónica; passamos por muitas dificuldades, uma vez que moramos numa casa alugada e o nosso filho menor precisa do leite para se alimentar que custa quase 2 mil escudos, fraldas, medicamentos, entre outras coisas”, conta o pai.

Acrescenta ainda que “é triste quando não se tem dinheiro para se poder fazer algo a mais para ajudar o nosso filho. Às vezes, dependemos da ajuda de amigos ou familiares para podermos comprar o leite para que o nosso filho se possa alimentar”, adianta o pai com uma certa emoção.

Para além dos problemas enfrentados dentro de casa, João Silva encontra outros obstáculos maiores da porta para fora, pois onde moram é um pouco retirado da cidade e todos os meses a criança tem de ir ao P.M.I para o controlo do peso.

“Todos os meses a minha companheira tem de se deslocar de Salamansa para a cidade para controlar o peso do nosso bebé e, outras vezes, para consulta o que nos dificulta bastante devido ao fraco rendimento salarial”, explica João Silva.

O pai da criança apela às pessoas que queiram ajudar o filho que contactem o seguinte número:

– João Silva: 975 42 06

  1. Nita Fortes

    Estes não deitaram a criança no lixo.
    Ajudem-nos.
    (Não me preguntam o que eu fiz/faço)

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.